Prêmio Abilux de Design de Luminárias LED de 2018

Estimular e promover o setor de iluminação, através da premiação e divulgação das empresas cujos produtos industrializados caracterizem-se por trazer soluções criativas ou inovadoras graças à inserção do design e que tenham contribuído para a melhoria do produto, preocupando-se com a iluminação eficiente, fortalecendo a sua posição competitiva no mercado adequando-se aos requisitos ou interesses da sociedade é o objetivo do Prêmio Abilux de Design de Luminárias LED de 2018, promovido pela Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (Abilux) e pelo Sindilux.

As inscrições para a premição vão de 1º de janeiro a 28 de fevereiro de 2018, a qual é aberta à participação de empresas do setor da iluminação, legalmente constituídas no Brasil.

Os produtos inscritos deverão estar sendo comercializados no mercado, entre junho de 2016 a janeiro de 2018, não ter participado de edições anteriores do Prêmio, possuir design “original” (desenvolvimento e fabricação no território brasileiro) e atender às normas brasileiras e portarias do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), cabendo à empresa participante a responsabilidade pela veracidade das informações fornecidas, principalmente aquelas questões relativas a direitos autorais, propriedade industrial ou outros direitos de terceiros.

Em breve, o regulamento completo do Prêmio estará disponível no site da Abilux: www.abilux.com.br.


Certificação definitiva para o LED

Por Luciana Freitas

O Brasil está passando por uma fase de amadurecimento dos programas de certificação compulsória de lâmpadas (mais avançado em termos dos prazos finais) e luminárias públicas convencionais e LED em fase inicial. É inegável que os produtos LED vieram para ficar, porque oferecem uma nova tecnologia de alta eficiência luminosa e com uma vida muito maior do que os demais produtos – sem contar que a tecnologia ainda está em evolução.

Hoje em dia, estão disponíveis no mercado lâmpadas certificadas e não certificadas, e assim deve permanecer até 17 de janeiro de 2018, que é o prazo estabelecido na portaria Inmetro 221/2016.

Já no caso de luminárias públicas, pelo fato de o mercado consumidor ser especializado e conhecer a legislação, certamente buscará o produto certificado mesmo antes dos prazos legais, pois sabe que se trata de um produto de maior confiabilidade sob o ponto de vista de desempenho e segurança.

Acesse na íntegra a matéria “Certificação definitiva para o LED”, publicada na edição 231 (Julho de 2017) da Revista Lumière Electric: https://www.yumpu.com/pt/embed/view/GmRbUq54nwZrjcdI


Iluminação do escritório pode afetar diretamente a produtividade

São Paulo, novembro de 2017 – Ponto chave para concentração e bem-estar, a iluminação no ambiente de trabalho é de extrema importância. Uma das caraterísticas principais diz respeito à quantidade de luminosidade disponível para o exercício das atividades. O projeto luminotécnico de um escritório deve seguir normas estabelecidas que preveem, entre outras regras, que a iluminação deve ser uniformemente distribuída e difusa, bem como instalada de forma a evitar ofuscamento, reflexos incômodos, sombras e contrastes excessivos.

Todas essas exigências permitem que as pessoas tenham condições favoráveis para desempenhar suas tarefas, além de evitar fadiga visual e outros problemas de saúde. Para lugares que não possuem muitas janelas, a luz de LED é ideal para simular a luz natural, pois é mais agradável, leve e proporciona maior sensação de naturalidade se comparada a outros tipos de iluminação. Além disso, as lâmpadas LED emitem luzes mais homogêneas, evitando desconfortos visuais.

Além das vantagens para a saúde, a iluminação de LED contribui para a economia de energia elétrica que, atualmente, é uma das principais preocupações das empresas brasileiras.

Com o conceito “luz muda tudo”, a Brilia, pioneira no desenvolvimento e distribuição de produtos de iluminação LED (Light Emitting Diode) no Brasil, oferece uma ampla linha de produtos que atendem às necessidades de projetos luminotécnicos que visam o bem-estar, conforto e saúde dos colaboradores, oferecendo ainda uma série de vantagens em termos de qualidade, durabilidade e economia de energia. Entre os produtos LED comercializados pela Brilia para essa utilização, destacam-se:

Luminária Painel de Embutir ou Sobrepor – Indicada para substituir conjuntos de luminárias e lâmpadas fluorescentes compactas, a luminária Painel LED da Brilia permite a instalação em forros de gesso e móveis com pouco recuo. Pronto para instalar, já vem com driver bivolt. Está disponível nas três temperaturas de cor – quente, fria e neutra e em vários formatos – quadrada, retangular e redonda.

Luminária Slim – A luminária Slim é a opção perfeita para quem deseja usar a tecnologia LED para iluminação geral de espaços comerciais, substituindo as tradicionais fluorescentes com eficiência e praticidade. Disponível nas opções de 60cm e 120cm, o produto pode ser aplicado em superfícies de alvenaria, gesso, madeira, PVC e perfis metálicos, por meio de grampos metálicos e garante um efeito difuso, que coloca a luminosidade e a praticidade em primeiro lugar.

Tubular: Este modelo é ideal para espaços comerciais, como indústrias e escritórios.  Com design facilmente adaptável aos diferentes tipos de ambientes, as lâmpadas tubulares podem ser aplicadas em sancas, luminárias troffer de embutir e sobrepor, plafon modulares ou luminárias lineares. A Brilia oferece duas opções de tamanho: 60cm e 120cm e três opções de temperatura de cor: fria, neutra e quente.

Informações sobre onde comprar, acesse o site ou mande e-mail para sac@brilia.com


Schréder e Huawei lançam tecnologia baseada em sistema de iluminação modular

Durante o oitavo Fórum Global Mobile Broadband, a Huawei em parceria com a Schréder, lançaram a “Shuffle Site”, uma coluna de luz multifuncional co-desenvolvida por ambas as empresas. A tecnologia é baseada no sistema de iluminação modular Shuffle e nas pequenas células exteriores da Huawei, assegurando que a nova geração de conectividade seja acessível para todos.

A tecnologia de banda larga móvel está continuamente em desenvolvimento, mudando o dia a dia das pessoas e introduzindo novos negócios. O número crescente de dispositivos inteligentes, utilizadores wireless e de apps levou a uma explosão no consumo de tráfego. Hoje, os operadores têm oferecem conectividade e capacidade massiva; no entanto, com as soluções tradicionais é quase impossível adquirir espaço em áreas urbanas densas.

Como as luminárias de iluminação pública estão por toda a cidade e ligadas a uma fonte de alimentação e com manutenção regular, são a plataforma ideal para aplicações de cidades inteligentes. Em 2015, a Schréder lançou o sistema modular de iluminação Shuffle para integrar sistemas de controle, alto-falantes, câmeras de segurança, hotspots etc. Desde o ano passado, a Schréder e a Huawei têm trabalhado para incorporar a estação integrada para exterior da Huawei na Shuffle.

A tecnologia permitirá que as cidades ampliem sua cobertura 4G e aumentem a capacidade da rede de forma discreta. Além disso, a Shuffle Site está preparada para, no futuro, adaptar a sua infraestrutura à cobertura 5G. Durante o evento “Global Mobile Broadband Fórum”, as duas empresas assinaram um memorando de entendimento (MoU) para mais cooperações estratégicas.

O diretor de inovação da Schréder explicou que esse é um momento importante para a indústria. “Estamos muito satisfeitos pela colaboração da Huawei. A nossa parceria estratégica reúne os recursos de dois principais players para criar soluções de ponta-a-ponta de forma a responder às necessidades dos nossos clientes em todo o mundo”.

Segundo Yuefeng Zhou, CMO da linha de produtos wireless da Huawei, a aquisição de espaço (Site) sempre foi um grande problema para os operadores que querem expandir a sua rede. “A sinergia trazida pela Shuffle Site fornece uma solução eficaz e permitirá aos municípios e operadores expandir e acelerar a sua estrutura de rede. A Huawei está disposta a trabalhar com todos os líderes da indústria para acelerar a conectividade da próxima geração”.


Osram Lighting Show debate as tendências da iluminação LED

“Tecnologia em prol da iluminação”. Esse foi o tema principal do Osram Lighting Show Brasil, evento que discutiu sobre soluções LED. Realizado no dia 9 de novembro de 2017, no Hotel Hilton, em São Paulo (SP), o encontro debateu as principais novidades e tendências mundiais do setor, com a presença de especialistas internacionais e mais de 150 pessoas de diferentes segmentos do mercado.

O búlgaro Yavor Kolarov, Head de Gestão de Produtos da Osram nas Américas, salientou que a tecnologia de iluminação é a chave para a conectividade. “Nos Estados Unidos, a presença dos Smart Buildings, prédios com processadores de dados conectados em dispositivos de iluminação, já é uma realidade que traz eficiência, economia e segurança para as empresas. Esse tipo de conceito não deve demorar a chegar ao Brasil. Em um mundo cada vez mais conectado, a iluminação desempenha um papel fundamental nas organizações”.

Além dos prédios futurísticos, a tecnologia de iluminação também evoluiu o setor de agronegócios no mundo, conforme destacou o alemão Johannes Höchtl, FAE Solid State Lighting – LAMEA, em sua palestra sobre o uso do LED na horticultura. “O Brasil é um dos principais mercados emergentes nos dias de hoje, e a área de horticultura poderia ocupar um espaço maior na economia do País como já acontece em outras nações. É muito importante que os revendedores estejam cientes das tendências em iluminação LED”.

Os presentes puderam conferir as soluções apresentadas pelas marcas Arrow, Constanta, GDE, LEDiL, Littelfuse e TD, que montaram estandes no evento em busca de estreitar os seus relacionamentos no segmento. Essa foi a primeira edição do Osram Lighting Show Brasil. Segundo Marlon Gaspar, Gerente de Vendas da Osram Opto Semiconductors para a América Latina, o resultado foi positivo. “Acreditamos que para 2018 podemos, não somente repetir, mas ampliar o evento”.


Iluminação LED chega à Basílica de São Pedro

Divulgação/Osram

Maior igreja do mundo e um dos grandes centros do catolicismo, a Basílica de São Pedro, no Vaticano, ficará ainda mais atrativa: a partir do Natal de 2018, o monumento histórico será iluminado por lâmpadas e refletores com tecnologia LED, fornecidos pela multinacional alemã Osram.

Os produtos escolhidos para o projeto têm aplicação semelhante aos já instalados na Capela Sistina, em 2014. “O sistema de iluminação LED utilizado na Capela Sistina ampliou ainda mais o nosso reconhecimento mundial”, explica Olaf Berlien, CEO da Osram. “E agora estamos muito entusiasmados com esse projeto na Basílica de São Pedro, uma nova oportunidade de demonstrar as nossas habilidades como fornecedora de soluções complexas e de iluminação em grande escala”, completa.

Além de uma experiência única aos visitantes, os itens que iluminarão a igreja garantem uma economia de energia de até 85% e podem ser ajustados de acordo com a ocasião de uso do prédio.

O novo sistema de iluminação acentuará as propriedades dos materiais usados na basílica, com destaque ainda maior à plasticidade da estrutura, aos mármores e a toda a sua arquitetura. A escolha dos produtos foi feita pelo Governo do Estado do Vaticano junto à Fábrica de São Pedro, responsável pela restauração e decoração do edifício.

Com uma capacidade para receber cerca 20 mil pessoas, a Basílica de São Pedro tem 190 metros de comprimento, com três naves de 58 metros de largura cada, além de uma nave central de 45,5 metros no seu ponto mais alto e uma cúpula de 136 metros de altura até o topo da cruz. O interior, com suas vastas decorações em mosaico, é um tesouro de algumas das mais famosas obras de arte do mundo, como o Baldacchino, de Bernini, e a Pietá, de Michelangelo.


« Previous Entries

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes