Tablet Android é prêmio para quem se inscrever no Workshop

O Workshop Iluminação Sustentável, que está sendo realizado pelo nosso portal, vai sortear aos inscritos, um TABLET com sistema operacional Android.

Resumo

O Workshop On-Line tem por objetivo, trazer informações relevantes sobre o tema Iluminação Sustentável, de maneira simples, clara e fácil ao mercado de iluminação, buscando um melhor entendimento sobre o assunto e promovendo cultura orientada à inclusão destes conceitos em seus projetos.

Público Alvo:
Arquitetos, Designer de Interiores, Engenheiros, Lighting Designers, Estudantes e demais Especificadores.

Veja o conteúdo do Workshop no site: www.iluminacaosustentavel.com.br

Os interessados podem se inscrever direto na´pagina do evento e aqueles que já se inscreveram, participam automaticamente do sorteio.

Participe!!!


LEDs do Cristo Redentor ficam rosa para campanha contra o câncer de mama

No dia 5 de outubro, os 300 projetores de LED instalados recentemente pela Traxon Technologies, uma empresa da OSRAM, que iluminam o monumento ao Cristo Redentor acenderão em uma cor diferente.  A Arquidiocese do Rio dá seu apoio  ao Outubro Rosa, campanha contra o câncer de mama e, por isso, o Santuário Cristo Redentor ficará iluminado na cor oficial da iniciativa. Vale lembrar que desde 1º de março deste ano, o monumento conta com projetores de última geração, que consomem o equivalente a apenas dois chuveiros elétricos e podem ter sua cor e a intensidade de luz alteradas em tempo real, de qualquer lugar do mundo que permita acesso a internet.


Fonte: Assessoria de Imprensa Osram


Ourolux amplia portfolio da linha SUPERLED

A Ourolux, que trabalha com exclusividade no Brasil a marca SUPERLED, acaba de ampliar ainda mais suas opções.

A SUPERLED em formato VELA substitui as tradicionais lâmpadas incandescentes neste formato, muito utilizadas em aplicações decorativas, por uma tecnologia superior. Ela economiza energia em até 80% e possui durabilidade de até 30.000 horas. Estas características tornam o produto economicamente mais barato que as incandescentes, quando se comparam os gastos totais ao longo da vida útil.

Também a linha PAR conta agora com as opções 20, 30 e 38.

Ideais para destacar objetos, graças a seu foco direcionado e ambientes decorativos nos mais diversos segmentos de iluminação, podem ser instaladas diretamente nos soquetes comuns de rosca (E27) tanto em 127V como em 220V (bivolt automático). As dimensões são equivalentes a uma lâmpada PAR 30 de 75W.

Outro destaque é a versatilidade da temperatura de cor: branca para máxima visibilidade e amarela para composição de ambientes mais aconchegantes.

Veja a tabela completa de opções:

Umas das pioneiras na iluminação por LED no Brasil, a Ourolux hoje se destaca por produtos de performance superior, e uma linha completa de soluções com esta tecnlogia. Outro grande diferencial da linha são os 2 anos de garantia, que geram maior tranqüilidade para o consumidor.

Fonte: Assessoria de Imprensa Ourolux


NOVO RECORDE DA OSRAM: LEDS GERAM LUZ COMO LÂMPADAS DE DESCARGA

Pela primeira vez, projetor de LEDs alcança intensidade luminosa de 124 mil candelas em ângulo de abertura de 7,5 graus, antes possível apenas com uso de lâmpadas de descarga. E mais, com consumo de apenas 60W

São Paulo, setembro de 2011 – Os laboratórios da OSRAM alcançaram mais um recorde no campo da iluminação com tecnologia LED: desenvolveram um diodo emissor de luz com intensidade luminosa de 124 mil candelas com ângulo de abertura de 7,5 graus. Estes valores, somados a uma excelente reprodução de cor e uma temperatura de cor Warm White (branco quente), assemelham-se a uma faixa luminosa de alta intensidade, até então, comum apenas às lâmpadas de descarga.

Outra vantagem é que o novo produto conta com um grande diferencial: um consumo de energia de apenas 60W. Para se ter uma ideia, um holofote convencional de uma lâmpada de descarga de 70W e um refletor com ângulo de abertura de 9 graus seria capaz de gerar uma intensidade de “apenas” 82 mil candelas.

De acordo com Marcos de Oliveira Santos, gerente da OSRAM do Brasil para a linha de LEDs Profissional, os novos valores deverão proporcionar uma grande mudança, especialmente para arranjos diferenciados de fixação de pontos de luz. “Construções como supermercados, lojas de departamento e galpões de fábricas poderão ser bem iluminados mesmo com projetores aplicados a uma grande distância, sem que o efeito visual seja deturpado”, comemora o gerente, lembrando de outra vantagem no uso dos LEDs. “Por conta da alta expectativa de vida desta tecnologia, que gira em torno de 50 mil horas, não será necessário realizar constantes obras de manutenção, que geralmente demandam um alto custo”.

Dados Técnicos:

Fluxo luminoso de um spot de LED em operação contínua (em temperatura de aproximadamente 100º C): 4,075 lúmen

Diâmetro óptico do módulo de LED: 9 mm

Temperatura de cor: 3.000 K (branco quente)

Intensidade luminosa (ângulo de abertura de 7,5 graus): 124.000 cd (candelas)

Fonte: Assessoria de Imprensa Osram


Aumento da oferta aquece mercado de iluminação

Novos modelos mais eficientes e duráveis elevam competitividade

Crescimento do mercado, aumento da oferta e nova regulamentação técnica marcam o segmento de iluminação brasileiro. Este já pode ser considerado o segundo grande marco do setor, após o apagão de 2001 que teve o efeito de mudar o padrão de consumo de lâmpadas no Brasil com a promessa de maior durabilidade e eficiência prometida pelas lâmpadas eletrônicas.

Hoje, com o aumento da competitividade em termos de preço, 2011 começou com uma elevada expectativa de venda. O mercado que, em parte, vem crescendo impulsionado pelo sucesso do LED  deverá manter o mesmo ritmo nos próximos anos, segundo o diretor da Divisão LED da Lâmpadas Golden, Ricardo Cricci. Em sua opinião, “o discurso da eficiência energética está em todos os meios de comunicação e virou um objetivo para as pessoas e empresas”. A nova ISO 50.001, que visa a estabelecer procedimentos de eficiência energética constante para as empresas e estabelecimentos, deverá estimular este crescimento. Lançada em junho último, ela vem para ajudar empresas a administrar o consumo de energia.

A tendência de consumo aponta favoravelmente para as fontes eficientes, com baixo índice de metais pesados, de longa duração e de IRC (Índice de Reprodução de Cor) elevado. Neste aspecto, o LED destaca-se como o grande candidato de consumo preferencial e já representa a melhor alternativa em termos de Lumens por Watt disponível no mercado. Segundo Cricci, daqui quatro anos os investimentos na tecnologia LED devem representar 50% do consumo total de lâmpada no país. Ele afirma que “esta tendência tem motivado a diversificação da oferta de produtos ligados ao mercado sustentável, forçando uma verdadeira revolução no portfólio de fabricantes de lâmpadas”.

O próprio aumento da demanda por LED tem levado as empresas de iluminação a investir fortemente nesta tecnologia. “Para atender este mercado, estamos ampliando a linha LED de lâmpadas Plug In de potências maiores, mais fluxo luminoso e na cor 2.700K e trazendo soluções de LED para aplicações em vários segmentos“, explica Cricci.

A preocupação com eficiência e durabilidade também tem favorecido o aperfeiçoamento técnico da lâmpada eletrônica. A partir de 2012, lâmpadas fluorescentes compactas com baixa eficiência não serão mais homologadas pelo Inmetro. Isto tem levado as empresas de iluminação a atuarem em dois focos: investir em tecnologia para elevar os valores do fluxo e da eficiência de seus produtos e escoar os estoques dentro do prazo de validade para comercialização dos mesmos.

Para o executivo, quem sai beneficiado pelo excesso de oferta é o usuário final.

Fonte: Assessoria de Imprensa Golden


« Previous Entries

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes