Museu da Lâmpada | Cursos Iluminação e Elétrica de NOVEMBRO de 2013

Cursos Museu da Lâmpada

Cursos de NOVEMBRO

CLIQUE no CURSO, veja o DESCRITIVO e INSCREVA-SE

Dia


PIAL | Gerenciamento de iluminação sustentável – manhã

Valor: R$20,00


Valor: R$60,00


PHILIPS | Curso Automação em Iluminação – tarde

Dia

Dia 07

CEMAR | Curso Centrinho de distribuição – conceitos e aplicações

Valor: R$20,00

Valor: R$20,00


Intral | Reatores e Drives – Diferenças e aplicações

Dia 08

Dia 12


Sylvania | Arquitetura da Luz no Paisagismo e nas Fachadas

Valor: R$60,00

Valor: R$20,00


GIMAWA | Reatores

Dia 

Dia 25


APLIQUIM | Sustentabilidade e a Logística reversa de Lâmpadas Fluorescentes

GRATUITO

Valor: R$60,00

Abalux | Conceitos básicos de iluminação e eficiência das luminárias

Dia 26

Dia 27

Prysmian | Cabos elétricos não são todos iguais + DCE – residencial (aplicação e simulação de funcionamento de software de dimensionamento elétrico)

Valor: R$20,00

Valor: R$60,00


FASA | Fibra Ótica – Iluminação além da imaginação

Dia 29

PARTICIPE!  Av. João Pedro Cardoso, 574 | CAMPO BELO, SÃO PAULO – SP

Após a inscrição serão informados por e-mail os próximos passos para a participação.
Pagamento via PAG SEGURO
* caso haja imprevistos, informaremos com antecedência e todo o valor pago será restituído.


Avant apresenta luminária refletora de embutir

A Avant apresenta a nova luminária refletora de embutir com base de soquete E27.


Projetada para refletir um feixe de luz forte e concentrado para áreas amplas, a luminária é cromada em sua parte interna e o difusor possui vidro transparente nas bordas e fosqueado no centro.

Indicado para ambientes internos como lojas, shopping centers, restaurantes, hotéis, salas de convenções, halls de entrada, residências e comércios em geral, o produto é fabricado de ferro com pintura epóxi na cor branca de alto desempenho. Chega ao mercado em dois formatos: redonda e quadrada, com possibilidade para instalação de duas lâmpadas.

A nova luminária refletora de embutir Avant funciona nas tensões de 127V ou 220V, conforme a lâmpada utilizada (que não está inclusa no kit) e que deve ser fluorescente compacta de até 25W, de acordo com o modelo, espiral ou 3U.


Ourolux apresenta nova tubular de LED

A Ourolux apresenta a nova lâmpada tubular de LED, com uma série de mudanças em relação à antecessora: agora, o produto está disponível nas versões 10W e 20W, o que proporciona uma luminosidade de até 2 mil lúmens.

O design resistente conta com difusor de policarbonato e perfil de alumínio, desenvolvidos para que o produto tenha grande durabilidade. Versáteis, as tubulares de LED podem ser usadas nas mesmas luminárias das lâmpadas tubulares convencionais.

Como não necessita de reator, a instalação é realizada diretamente na rede elétrica. Assim como todos os produtos da empresa, as tubulares são livres de mercúrio e não emitem raios infravermelhos ou ultravioletas.

Fonte: Jornal da Inatalação


Vencedores do VI Prêmio Abilux Projetos de Iluminação

Os vencedores do VI Prêmio Abilux Projetos de Iluminação foram conhecidos terça-feira (dia 22.10.2013) durante evento realizado no Espaço de Eventos Fiesp, em São Paulo (SP) em que a indústria de iluminação comemorou o Dia da Iluminação e os 80 anos o Sindilux – (Sindicato da Indústria de Lâmpadas e Aparelhos Elétricos de Iluminação no Estado de São Paulo).

Os destaques do Prêmio foram o escritório paulista Acenda Projeto de Iluminação, que venceu em três das cinco categorias em que o concurso foi disputado (Residencial, Comercial e Corporativo) e os catarinenses SQE LUZ Joinville e SQE LUZ São Francisco do Sul, os ganhadores, respectivamente, nas categorias Urbana e Especial “iluminação Eficiente”.

A edição 2013 do Prêmio Projetos de Iluminação, uma realização da Abilux (Associação Brasileira da Indústria de Iluminação) em parceria com a ASBAI, acontece a cada dois anos (anos ímpares). Contou com 36 projetos inscritos.

Júri

Para escolher os melhores projetos foi constituído júri composto por representantes de entidades e instituições ligadas à arquitetura, design, engenharia, conservação de energia e meio ambiente, assim constituído:

Presidente: Teresa Gouvea (Designer – Senai SP). Júri Técnico: Cláudia Borges Shimabukuro (Lighting Designer da LIT Iluminação); Fernando Serapião (Crítico de Arquitetura); Raquel Gomes dos Santos (Arquiteta – Senai SP); Rafael Meirelles David (Divisão de Estudos e Equipamentos Eficientes Eletrobras/Procel) e Marcelo Sigoli (Diretor da Pense Eco).

Os vencedores:

Categoria Residencial

1º lugar: Projeto Residência

Autoras: Luciana Costantin e Paula Carnelós

Escritório: Acenda Projeto de Iluminação

Para a criação e o desenvolvimento do projeto primeiro colocada na Categoria Residencial, Luciana Costantin e Paula Carnelós levaram em consideração a admiração dos moradores pelo mundo das artes. A partir desta informação as profissionais “lavaram” todos os planos verticais disponíveis com luz geral e com brilho para permitir flexibilidade na mudança de lugar das obras. Para que isso fosse possível foram utilizadas duas tipologias: embutidos de forro wall washer ou sancas invertidas. Os acionamentos das luminárias foram ligados a um sistema de controle que permite flexibilidade de uso dos sistemas. A configuração das luminárias foi feita com uma redução de 10% de fluxo luminoso, permitindo economia de energia.

2º lugar: Projeto Apartamento Campo Belo

Autor: Ricardo Augusto Linhares Rossi

3º lugar: Projeto Residência

Autor: Fernanda Carvalho

Categoria Corporativa

1º lugar: Projeto Espaço Corporativo

Autoras: Luciana Costantin e Paula Carnelós

Escritório: Acenda Projeto de Iluminação

O projeto para um espaço com áreas de escritório, recepção, lounges e sala de reunião vencedor na Categoria Corporativa privilegiou a economia de energia com a instalação de sensores de controle de luz natural que foram instalados nas duas fileiras de luminárias próximas à fachada. As salas de reunião receberam luminárias de embutir com difusor lateral que garantiu efeito de luz indireto. Nas áreas de circulação estão embutidos de forro, downlight com aletas e lâmpadas fluorescentes compactas. No 3º andar a luz é geral. Há sancas invertidas que destacam os planos verticais.

Houve empate no segundo lugar, da categoria Corporativa.

2º lugar: Projeto Hotel Panamby Barra Funda

Autor: Marcos da Silva Castilha

2º lugar: Projeto Retina Clinic

Autor: JRLUZ Arquitetura de Iluminação

3º lugar: Projeto Use Móveis – Spazio JK

Autor: JRLUZ Arquitetura de Iluminação

Categoria Comercial

1º lugar: Projeto Loja de Produtos Importados

Autoras: Luciana Costantin e Paula Carnelós

Escritório: Acenda Projeto de Iluminação

O conceito do projeto de iluminação do vencedor na Categoria Comercial, uma loja de importados, teve como premissa manter o ambiente livre e com iluminação voltada para os produtos de maneira a destacá-los através de iluminação uniforme e sem sombras. O espaço ganhou profundidade de forma que o cliente pode enxergar toda a extensão da loja. Luciana Costantin e Paula Carnelós optaram pelo uso de um sistema de iluminação de sobrepor linear para lâmpadas fluorescentes tubular com potências 14W, 21W, 28W e 35W e temperatura de cor de 3000K. Na vitrine foram especificadas lâmpadas halógenas dicroicas 20W – 3000K combinadas com fluorescentes do sistema linear para dar mais brilho e destaque. As paredes com prateleiras de madeira receberam cubos com iluminação interna feita com fitas de LED com 8W – 3000K. As áreas externas ganharam embutidos de piso “uplight” para lâmpadas halógenas PAR30, 75W-3000K.

2º lugar: Projeto Restaurante

Autor: Luciana Costantin e Paula Carnelós

Escritório: Acenda Projeto de Iluminação

3º lugar: Projeto Brasília Harley Davidson

Autor: Marcos da Silva Castilha

Escritório: Castilha Iluminação

Categoria Urbana

1º lugar: Projeto Modernização Iluminação Av. Beira Rio de Joinville (SC)

Autoras: Equipe SQE LUZ Joinville

Escritório: SQE LUZ Joinville

O projeto de Modernização da Iluminação da Av. Beira Rio de Joinville (SC), ganhador na Categoria Urbana, teve como objetivo iluminar e valorizar a calçada, a ciclovia, a vegetação e, na sequência, a pista de veículos. A opção feita pela equipe da SQE LUZ Joinville foi pela luz “branca” respeitando-se a altura e o espaçamento das partes e da vegetação. A escolha recaiu sobre a instalação de postes ornamentais que permitiram o uso de luminárias decorativas formando um conjunto harmônico. O canteiro central recebeu postes do tipo “asa”.

2º lugar: Projeto Iluminação da Fachada da Igreja Matriz de São Francisco do Sul (SC)

Autor: Equipe SQE LUZ São Francisco do Sul

Escritório: SQE LUZ São Francisco do Sul

3º lugar: Projeto Iluminação da Ciclovia e Passeio de Florianópolis (SC)

Autor: Equipe SQE LUZ Florianópolis

Escritório: SQE LUZ Florianópolis

Prêmio Especial “Iluminação Eficiente”

Projeto: Iluminação da Fachada da Igreja Matriz São Francisco do Sul (SC)

Autor: Equipe SQE LUZ São Francisco do Sul

A iluminação da Matriz da cidade de São Francisco do Sul (SC), com 314 anos e tombada pelo IPHAN, foi modernizada pelo projeto desenvolvido e executado pela equipe da SQE LUZ São Francisco do Sul (SC). O trabalho garantiu aos catarinenses o Prêmio Especial “Iluminação Eficiente”. Os projetores convencionais foram substituídos para dar destaque à construção e reduzir o consumo de energia. Foram utilizados na fachada projetores com faixo aberto embutidos no solo para iluminação de destaque. Projetores com tecnologia LED em forma de barras, com temperatura de cor ligeiramente diferente dos projetores de solo, foram colocados em elementos arquitetônicos. A fachada frontal recebeu projetores de solo com lâmpadas multivapor metálico de 150W (branco neutro).

Com a modernização da iluminação a redução de energia foi de 22% na potência instalada o que representou uma economia anual aproximada de R$1.080,00 no consumo de energia considerando a tarifa de energia elétrica da iluminação pública B4a que foi aplicada pela concessionária local, em julho de 2013.

Patrocinadores: GE Iluminação, Itaim Iluminação, LLUM Bronzearte, Lustres Projeto, Reed Exhibitions Alcantara Machado e Schréder.


Luminárias de embutir da Golden ainda menores e mais eficientes

Uma das características das lâmpadas LED é a evolução tecnológica. Em busca de produtos sempre mais eficientes e versáteis na aplicabilidade, a Golden acaba de lançar as novas luminárias de embutir Downlights da Linha Extreme LED, ainda mais compactas e eficientes que os modelos anteriores.

Com 14W, 24W e 28W de potência e tamanhos reduzidos, os modelos consomem menos energia e substituem  os de 15W, 20W e 30W em projetos que demandam iluminação por um longo período de tempo. Elas podem ser usadas no lugar da mini fluorescente com até 50% de economia, o que as torna ideal para locais que exigem elevada intensidade luminosa com baixo consumo como lojas, escritórios, hotéis, restaurantes, hospitais, escolas, entre outros.  Sua iluminação dirigida, proporcionada pelo ângulo de abertura de 110º garante uma boa distribuição da luz e seu tamanho reduzido faz da Downlight Extreme LED da Golden uma alternativa também para locais de difícil acesso.

Os modelos estão disponíveis em duas temperaturas de cor, 3.000 e 5.000 k, o que permite sua aplicação tanto em ambientes mais aconchegantes como de mais atividade. Como dura cerca de 25 mil horas, reduz os custos manutenção.

O produto é de fácil instalação e pode ser colocado diretamente na rede, pois já vem com  driver de alimentação incluso.

A nova Downlight Extreme LED da Golden poderá ser encontrada em lojas de materiais elétricos e home centers a partir de outubro.  Para maiores informações contatar vendas@lampadasgolden.com.br ou ligar para (11) 2122-6666 e falar com Elaine.

Dados técnicos

Potência: 14W, 24W e 28W

Temperatura de cor : 3000K e 5000K

Tensão: Bivolt (driver incluso)

IRC: 80%

Ângulo de abertura: 110º

Vida útil: 25 mil horas


« Previous Entries

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes