Lançada a quarta edição do livro “Luz, Lâmpadas e Iluminação”

Após 12 anos de grande repercussão no mercado, o livro “Luz, Lâmpadas e Iluminação” chega a sua quarta edição, com informações atualizadas sobre produtos e conceitos, reformulado para distribuir conhecimentos sobre a luz e seus efeitos.

O livro, escrito em linguagem simples e didática, além de ser uma fonte de consultas para profissionais da iluminação, estudantes de arquitetura, engenharia e de outros cursos técnicos, pode ser lido também por toda e qualquer pessoa que se interesse pelo tema. As informações registradas, bem como as dicas e esclarecimentos, são muito úteis tanto para quem quer fazer um grande projeto de iluminação, como para quem deseja simplesmente iluminar adequadamente sua residência.

De acordo com Mauri Luiz da Silva, especialista em iluminação e autor da obra, o livro foi o primeiro a ser criado no Brasil com a proposta de disseminar conhecimento sobre o universo da luz, quando a matéria “Iluminação artificial” ainda engatinhava nas universidades. Além disso, foi fonte de consulta e material didático adotado pela maioria das faculdades de Arquitetura do País e passou a ser referência no mercado. “O Luz, Lâmpadas & Iluminação continuou com uma ótima procura, porém, ficava claro que algumas informações contidas permaneceram na história, pois a evolução deste mercado é exatamente à ‘velocidade da luz’”, conta.

Na edição original do livro, os LEDs foram citados como possibilidades futuras, assim como as lâmpadas metálicas de tubo-cerâmico, tipo CDM ou HCI, que hoje são predominantes no mercado. Na sequência, vieram mais dois livros sobre o tema, que formaram a chamada Trilogia da Luz: Iluminação – Simplificando o Projeto e LED – a Luz dos Novos Projetos.

A nova edição do livro contém 160 páginas e está disponível também em formato digital (e-book).


Philips doa soluções a LED para Maracanãzinho

A Philips fez a doação de dez soluções de iluminação a LED para o Ginásio Gilberto Cardoso, o Maracanãzinho. Para atender a demanda dos jogos de 2016, a Philips criou um time de especialistas em iluminação esportiva. Essa estratégia foi adotada em 2014, para a Copa do Mundo, onde nove dos 12 estádios contaram com tecnologias da empresa, representando 30% do resultado financeiro da área de iluminação dos últimos dois anos.

A ArenaVision LED, instalada na quadra do ginásio, proporciona uma experiência única aos jogadores, torcedores e até mesmo às emissoras de televisão, ajudando a oferecer uma transmissão de qualidade das imagens.

“Em 2016 o Brasil passará por mais um momento histórico na área esportiva, e para retomar de forma positiva as atividades no Rio de Janeiro, estamos doando a solução ArenaVision LED para o Ginásio Gilberto Cardoso, o Maracanãzinho”, elucida o diretor geral de iluminação da Philips, Renato Carvalho.

A ArenaVison LED é uma tecnologia que, diferente dos projetores convencionais, oferece maior controle da iluminação, alto fluxo luminoso, flexibilidade em mudanças de cenas e integração com consoles externos para shows de luz, permitindo a criação de efeitos de iluminação especiais, como o piscar das luzes quando um time marca um ponto, ou um jogo de luzes durante a performance de um artista em um show.

Além disso, enquanto equipamentos compostos de vapor metálico duram em média 6.000 horas, a Arena LED possui vida útil de até 40.000 horas e consome menos energia. A solução também permite o rápido acender das luzes, não sendo necessário que as lâmpadas se aqueçam para iluminar o local efetivamente. Seu índice de reprodução de cor é acima de 85 e temperatura de cor de 5.600K. A tecnologia possui percentual de fator de flicker abaixo de 3%, essencial para filmagens em HDTV Slow Motion.

Desenvolvida especialmente para iluminação de campos e quadras, a ArenaVision LED já é utilizada em arenas internacionais, como o Chelsea, em Londres, e Arena Equinox. Além do fornecimento de soluções de iluminação para nove arenas brasileiras do mundial de 2014 e para o Maracanãzinho, fora do Brasil, a empresa anunciou recentemente parceria com o Bayern de Munich para a iluminação da fachada do estádio Allianz, na Alemanha.


Neste Natal ilumine o seu jardim com LEDs

Criar uma iluminação especial faz toda a diferença na hora de tornar o ambiente mais bonito e festivo. Mas iluminar áreas externas pede cuidados extras. Para isso, a Avant – referência nacional quando o assunto é iluminação de qualidade – dá algumas dicas essenciais para evitar choques, curtos-circuitos ou mesmo incêndios.

O CEO da Avant, Gilberto Grosso, lembra que segurança é fundamental tanto em relação aos produtos quanto à instalação. “O primeiro cuidado é a escolha por produtos de qualidade, que atendam às normas de fabricação, segundo os critérios estipulados nas normas técnicas brasileiras. Verifique na embalagem se o produto escolhido é resistente ao calor, poeira, umidade e chuva, portanto, aplicável a áreas externas, e se tem garantia contra defeitos e telefone de atendimento ao consumidor”, explica.

Para o executivo, “as pessoas já sabem que preço baixo, quase de graça, é sinal de produto também de baixa qualidade. No caso desses kits de Natal baratinhos, o que temos são produtos onde a fiação de cobre, que é segura, é substituída por fio de alumínio. O alumínio esquenta muito e superaquece todo o sistema elétrico, podendo até iniciar incêndios”.

Por isso, o kit de Natal encontrado em quase todos os camelôs ou pequenas lojas é descartável. “É feito com materiais não homologados, em processos quase artesanais de fabricação e com o propósito de iluminar apenas uma vez”, alerta Grosso, que sugere àqueles que pretendem ter uma decoração segura que procurem fitas ou mangueiras luminosas de marcas brasileiras tradicionais e que duram muitos anos.

Depois é preciso atenção à instalação para evitar que a chuva ou o vento danifique o equipamento. As emendas, quando necessárias, devem ser feitas de forma cuidadosa e cobertas com fita isolante certificada para evitar fuga de energia elétrica e, consequentemente, choques.  É importante lembrar, ainda, que qualquer alteração ou manutenção deve ser realizada quando as lâmpadas e fitas luminosas estiverem desconectadas da eletricidade.

Fitas de LED

As Fitas Flex LED Avant oferecem diversas vantagens para quem quer enfeitar os ambientes externos da residência ou comércio para o Natal e o Reveillon. Além de uma ampla gama de cores, que permite alcançar efeitos variados, as fitas flexíveis de LED são versáteis, adequando-se às mais diversas superfícies, inclusive curvas, e são fáceis de instalar.

A linha de Fitas Flex LED Externa Avant possui alta luminosidade graças à emissão de luz uniforme e constante, baixo consumo de energia – até 5W por metro, é produzida nas dimensões 12mm (largura) x 4mm (altura) x 100m (comprimento), apresenta 60 LEDs e é fixada por meio do fixador plástico.

“Mas lembre-se de que, embora os LEDs não irradiem calor – com isso, não oferecem riscos de queimaduras ou de incêndio por contato -, deve-se evitar o uso de adaptadores tipo benjamim, que podem sobrecarregar as tomadas e causar danos elétricos”, adverte Grosso.


Lâmpadas Golden lança novo website

A Lâmpadas Golden apresenta seu website totalmente reformulado. Com design moderno e layout responsivo, ou seja, pensado tanto para computadores quanto para dispositivos móveis, a plataforma tem o intuito de fortalecer a comunicação online da empresa.

As principais mudanças acontecem na home do site, que conta com os destaques da empresa, links para download de catálogo e a calculadora LED para demonstrar de forma prática a compensação da troca de um produto com tecnologia tradicional pelo LED.

Mais dinâmica, o visitante pode conferir a área de produtos, que possui as características e benefícios de cada modelo, locais e fotos de aplicação e disponibiliza download da ficha técnica, para que tenha acesso a todos os detalhes.

A maior novidade é um local dedicado a projetos LED nas mais diversas áreas de aplicação, entre elas a residencial, comercial, hotelaria, hospitalar, industrial e iluminação pública. Em cada um estão disponíveis detalhes sobre os ambientes, produtos utilizados e cálculo de payback.

Para maiores informações sobre iluminação, basta  cadastrar-se no site: www.lampadasgolden.com.br


Segurança e manutenção: saiba como instalar as luzes de Natal

Luzes de Natal só devem ficar acesas quando houver alguém acordado em casa

Luzes de Natal só devem ficar acesas quando houver alguém acordado em casa

Foto: Urbano Erbiste

Mariana Moreira
Jornal Extra

Já faz tempo que o corre-corre e o capricho para decorar os cantinhos da casa nesta época do ano ultrapassaram a montagem da árvore de Natal. A pouco mais de um mês para a esperada noite, instalar pisca-piscas ao redor de portas, janelas, e em árvores e plantas do jardim, também já virou um ritual natalino, explica a decoradora Midiam Ganime. No entanto, para instalar os fios com segurança, é necessário ter atenção com as escadas na hora de pendurar as lâmpadas, e, principalmente, com o isolamento das tomadas.

— A iluminação de ambientes externos é um clássico. No entanto, pelas lâmpadas ficarem vulneráveis à chuva e à ventania, o cuidado com as tomadas e os fios desencapados deve ser redobrado — alerta a decoradora.

Além das entradas da casa, Midiam indica outros objetos que podem ganhar um charme com as lâmpadas, como garrafas de vidro, caixotes de madeira e cortinas.

— Para criar uma atmosfera festiva na casa, vale iluminar pelo menos um ponto de cada cômodo. A árvore ainda é a rainha da noite, mas o capricho está nos detalhes.

Durante quanto tempo as lâmpadas devem ficar acesas?

O ideal é somente deixar as lâmpadas acesas quando houver alguém em casa. Quando quiser sair ou na hora de dormir, é melhor se certificar de que os pisca-piscas estão apagados, principalmente os que ornamentam jardins e árvores. O tempo pode mudar de madrugada, e uma ventania pode causar um curto e queimar as lâmpadas.

Qual material deve ser utilizado para prender os fios nas árvores, nas janelas e nas portas?

A fita do tipo hellermann (braçadeiras), transparente e de plástico, é resistente e excelente para prender os fios, porque é discreta, resistente e tem alta durabilidade. Barbantes ficam frouxos ao longo do tempo. Para prender os fios no ambiente externo, as fitas isolantes são ideais. Arames também prendem bem, mas atenção: eles podem machucar.

Posso usar benjamins e extensões para ligar pisca-piscas?

Pisca-piscas antigos podem se desgastar. O material isolante também pode apresentar ressecamento. É importante checar se há partes desencapadas. O uso de várias ligações numa mesma tomada com benjamin pode provocar ainda aquecimento e curto-circuito. As tomadas, principalmente as do ambiente externo, devem ser isoladas, para evitar desgastes com o sol forte e possíveis ventanias e chuvas, principalmente nas junções entre dois pisca-piscas.

Quais são os lugares mais seguros para a instalação das luzes?

A decoração com lâmpadas faz com que os ambientes se transformem em espaços festivos. Além das janelas, das portas e, claro, das árvores, também vale colocá-las, por exemplo, na mesa da ceia e também na cozinha.

Perguntas respondidas por Midiam Ganime, decoradora e responsável pela empresa MGM Decor Natal e Eventos (www.facebook.com/mgmdecornatal), empresa de decoração.

Fonte: http://extra.globo.com/mulher/seguranca-manutencao-saiba-como-instalar-as-luzes-de-natal-14632101.html#ixzz3Jzp5EK2c


« Previous Entries

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes