Consórcio chinês conclui aquisição da Ledvance.

Divulgação/Ledvance

A venda da Ledvance pela Osram para o consórcio de investimentos chinês composto pelo investidor estratégico IDG Capital, pela fabricante de LEDs MLS CO., LTD. (MLS) e pelo Centro Estatal de Operações de Ativos Yiwu (Yiwu) foi concluída com sucesso a partir de 3 de março de 2017, com efetividade econômica a partir de 1º de março de 2017. Isto se seguiu à obtenção pelas partes de todas as aprovações necessárias com as autoridades relevantes. “Estamos muito felizes com essa transação, pois a MLS e a Ledvance se completam de modo ideal. Por meio da MLS, ganhamos acesso aos componentes de LED de alta qualidade e custo-benefício e fortaleceremos nossa presença de mercado na Ásia, especialmente na China. Isso ajuda na estratégia da Ledvance de expandir nosso portfólio de produtos, principalmente nas áreas de lâmpadas LED, luminárias LED e Iluminação Inteligente. Estamos ansiosos para alcançar as várias oportunidades novas que a parceria com a MLS traz”, declara Jes Munk Hansen, CEO da Ledvance.

Para Antony Yu, sócio da IDG Capital, é excelente fazer parte desta aquisição estimulante, que reúne um fabricante chinês de LED líder de mercado e uma empresa alemã de iluminação com mais de 100 anos de experiência, fortes marcas, tecnologia testada e aprovada e canais internacionais de vendas. “O que nos move como acionistas majoritários no consórcio é alavancar nossa expertise de investimentos e recursos globais para ajudar as empresas chinesas e outras empresas tradicionais nos mercados desenvolvidos para atingir o máximo potencial dos mercados conjuntos”, afirma.

De acordo com Sun Qinghuan, presidente de MLS, a empresa está ansiosa para trabalhar com seus colegas da Ledvance. “A riqueza em experiência e qualificações da equipe de gerenciamento da Ledvance e seus funcionários dá uma base forte para colaboração. Trabalharemos juntos para fortalecer nossa posição como líderes no mercado mundial de iluminação”, destaca.

A Ledvance e a MLS agora focarão em alavancar sinergias. Através da MLS, a Ledvance tem acesso a componentes de LED de bom custo-benefício para seus produtos LED e poderá expandir sua presença de mercado na China, considerado o maior mercado de iluminação do mundo. A MLS, por sua vez, se beneficia da experiência industrial da Ledvance e sua forte presença no mercado internacional.

Com base no acordo com a Osram, a Ledvance continuará utilizando a marca Osram para seus produtos (Sylvania nos EUA e Canadá). Os direitos de propriedade intelectual foram distribuídos claramente para que a MLS e a Ledvance possam liderar inovações globalmente.


Ipem-SP e Receita Federal fiscalizam lâmpadas LED no Porto de Santos (SP)

Divulgação/Ipem-SP

Fiscais do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), autarquia do Governo do Estado que tem como finalidade proteger o consumidor, em parceria com a equipe da Receita Federal, verificaram no dia 24 de março de 2017, no Porto de Santos (SP), um contêiner de lâmpadas LED proveniente da China, contendo 10 toneladas do produto.

A solicitação da verificação partiu da Receita Federal do Brasil (RFB), devido ao convênio entre a Receita e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que visa aprimorar o controle e fiscalização exercidos sobre mercadorias importadas, no que diz respeito à sua conformidade com a correspondente regulamentação técnica, bem como o interesse mútuo em coibir práticas ilícitas que visem burlar o controle aduaneiro. Os trabalhos são desenvolvidos pelos Institutos estaduais, onde existe algum tipo de controle aduaneiro.

Foram verificados os modelos tipo tubular e bulbo contidos no contêiner, totalizando 1564 caixas de lâmpadas de 23 modelos, o que dá aproximadamente 200.000 lâmpadas. O objetivo da ação foi inspecionar o produto para garantir que o consumidor adquira produtos que estão dentro da regulamentação do Inmetro, estando de acordo para entrar no mercado brasileiro.

As lâmpadas LED devem ter a etiqueta nacional de eficiência energética e marcações obrigatórias na embalagem. Dentre as principais informações estão: o nome, a marca ou o logotipo do fabricante/importador, tensão a que se destinam em volt (V) e potência máxima expressa Watts (W).

O Ipem-SP não recomendou a entrada dos produtos no País, uma vez que além de não ter a devida certificação, condição também para a Licença de Importação (LI), as lâmpadas apresentavam outras não conformidades, entre elas, falta de equivalência em lumens em relação à lâmpada incandescente, fator de potência abaixo do regulamentado, data de fabricação, informações sobre descarte em local apropriado e informações em língua estrangeira. Caberá a Receita Federal determinar a inutilização do produto ou sua repatriação pelo importador. 

Orientação para o consumo

O Ipem-SP disponibiliza para download o Guia Prático de Consumo, que traz dicas ao consumidor sobre o que observar na hora da compra de produtos embalados, têxteis, eletrodomésticos, itens que devem trazer o selo do Inmetro e também a utilização de balanças disponíveis em supermercados, padarias, açougues e outros tipos de comércio. Para o download do guia acesse: http://goo.gl/jYpCEk


Abilumi está com nova página.

A Associação Brasileira de Fabricantes e/ou Importadores de Produtos de Iluminação (Abilumi) apresentou recentemente seu novo site. A página traz as últimas notícias do setor de iluminação nacional, relação das empresas associadas, artigos técnicos, além da história da Entidade criada no mês de janeiro de 2005.

A Abilumi objetiva defender os interesses das empresas de importação e distribuição de produtos de iluminação. Algumas das ações da Associação são: apoio a programas de eficiência energética desenvolvidos por órgãos, entidades, empresas e ONGs; encaminhamento de reivindicações manifestadas pelos seus Associados, de modo a permitir que se alcance a melhoria da qualidade dos produtos, com a retirada de produtos de baixa qualidade etc.

Para mais informações: www.abilumi.org.br


Estão abertas as inscrições para o 8º LEDforum.

Felipe Perazzolo

Consolidado como o maior congresso de lighting design da América Latina, o LEDforum 2017 já está com suas inscrições abertas. A 8ª edição promete ser mais um sucesso, na qual os participantes terão a oportunidade de se envolver em um intenso intercâmbio de conhecimento e inspiração, além das possibilidades de networking, geração de negócios e qualificação profissional.

Grandes nomes do lighting design mundial farão parte do programa, trazendo ao público presente um olhar panorâmico e atual do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com a prática profissional no desenho da luz artificial em projetos de iluminação.

Os palestrantes confirmados serão apresentados a partir de 25 de março, por meio de posts no Facebook da Revista L+D facebook/lmaisd e no site do evento www.ledforum.com.br.

O primeiro lote, com descontos de 30%, termina em 15 de abril (ou término das inscrições). As inscrições de 2016 se esgotaram dois meses antes do evento e, para este ano, já podem ser feitas pelo site www.ledforum.com.br.

O evento reuniu 500 participantes em 2016, sendo composto por área de exposição e uma jornada de palestras e painéis com grandes protagonistas da iluminação mundial.

O LEDforum 2017 acontece nos dias 17 e 18 de agosto, no Tivoli Mofarrej Conference Hotel, em São Paulo (SP).


Sylvania completa 70 anos de atuação no mercado brasileiro.

A Sylvania, empresa que desenvolve produtos de iluminação para os setores público, comercial, industrial e privado, completa 70 anos de atuação no País. A celebração rendeu à companhia um selo que estampará toda a sua comunicação. Com um o portfólio composto por lâmpadas e luminárias com tecnologia LED, lâmpadas eletrônicas etc., a Sylvania mantém a sua operação através da sede administrativa, situada em São Paulo (capital) e do Centro de Distribuição em Embu das Artes (SP).

Hoje, trata-se de uma marca mundial com quase um século de tradição na área luminotécnica e mais de 30 fábricas ao redor do mundo que exportam para países das Américas, incluindo Estados Unidos, Região Andina e Brasil, demonstrando um crescimento entre 20% e 25% nos últimos anos. “Honramos a nossa missão através de cada vida que iluminamos e estamos decididos a continuar com esta trajetória, em direção a um futuro cada vez mais brilhante”, conclui o diretor comercial da Sylvania Brasil, Salvador Netto.

Oferendo soluções inovadoras, sustentáveis e baseadas na excelência tecnológica, a companhia aposta no potencial de crescimento que existe atualmente no Brasil, no talento regional e nas novas tecnologias que, além de serem benéficas para o usuário, são amigáveis também com o planeta.


« Previous Entries

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes