Inspiração: luzes e cores dão vida e alegram os ambientes

Quando falamos em cor, imediatamente, lembramos da Pantone. Conhecida no mundo todo por seu sistema, a empresa lançou no final do ano passado as 10 principais tendências de cores para a primavera 2017, que foram inspiradas nos tons usados pelos designers de moda em suas coleções. Estrela deste ano, o verde Greenery veio acompanhado de outros nove tons que influenciam não só a moda, mas também o design, a arquitetura e a decoração: Island Paradise, Flame, Lapis Blue, Primrose Yellow, Island Paradise, Hazelnut, Kale, Pink Yarrow e Pale Dogwood.

Se a sua ideia é renovar a casa inspirada nas indicações da Pantone para a estação mais bonita do ano, a Brilia, pioneira no desenvolvimento e comercialização de lâmpadas, fitas e acessórios LED no Brasil, oferece uma ampla linha de produtos com sistema RGB que atendem às necessidades de qualquer projeto e podem deixar a sua casa ainda mais alegre e colorida.

Projetor RGB LED – Indicado para áreas externas como fachadas e jardins, o projetor RGB LED possui potência de 20W e uma durabilidade de até 30 mil horas ou 16 anos, sem troca. Com IP65 (Índice de Proteção), o projetor da Brilia é resistente à poeira, jatos de água e pode gerar uma economia no consumo de energia elétrica de até 90%.

Fita Plug&Play RGB – Esse modelo de fita está disponível em rolo de 25 metros e possue IP66 (resistente a poeira e umidade), por isso, é ideal para ser aplicada em áreas externas como fachadas e jardins dando um toque diferente a decoração do ambiente. Com um efeito luminoso homogêneo e versátil, as fitas RGB contam com controle de cor, dimerização e têm uma durabilidade de até oito anos.

Fita RGB 7,2W – A fita RGB flexível da Brilia pode ser utilizada para criar um efeito luminoso em nichos, prateleiras e sancas. Com 5m de comprimento, o produto também permite dimerização, controle da cor e é resistente à poeira e jatos de água.

Informações sobre onde comprar, acesse o site ou mande e-mail para sac@brilia.com


Inmetro proíbe lâmpada LED que pode queimar os aparelhos da sua casa.

Estão proibidas a fabricação e comercialização da lâmpada LED “Superled Ouro 9W” da empresa Ourolux em todo o território nacional. A decisão foi anunciada pelo Inmetro nesta segunda-feira (28) ao suspender cautelarmente o registro do produto (002638/2016) depois de averiguar que o produto causa perturbações eletromagnéticas que podem, em situações extremas, queimar aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos e causar curtos-circuitos na rede elétrica doméstica.

A orientação do Inmetro é que os consumidores que possuem o modelo de lâmpada em casa deixem de utilizá-lo imediatamente e entrem em contato com a empresa para a troca do produto.

De acordo com a diretora do Procon Paraná Claudia Silvano, em breve a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) deve anunciar um recall do produto para prevenir que danos aconteçam. O advogado especialista em Direito do Consumidor Kleber José Trinta Moreira e Lopes, que já foi diretor do Procon Maranhão e membro da Senacon, lembra que o consumidor pode procurar o fornecedor onde comprou a lâmpada e exigir um outro produto de igual valor ou seu dinheiro de volta. No caso de objetos queimados, só é possível conseguir a indenização depois do laudo de um engenheiro eletricista.

Segundo nota do Inmetro, a Divisão de Vigilância de Mercado (Diretoria de Avaliação da Conformidade) recebeu uma denúncia e deflagrou uma investigação com o objetivo de avaliar os supostos riscos à segurança oferecidos pela lâmpada da marca.

Ainda de acordo com a nota, ensaios realizados por laboratório credenciado pelo instituto em amostras do produto coletadas no mercado mostraram que o modelo foi reprovado no teste de Compatibilidade Eletromagnética (EMC), que avalia a ocorrência de perturbações eletromagnéticas radiadas na faixa de 30 MHz a 300MHz.

A proibição persistirá até a empresa corrigir os problemas da lâmpada. O Inmetro acionou ainda a Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade-Inmetro e orientou que sejam realizadas ações de fiscalização com o objetivo de determinar se a proibição de fabricação e comercialização está sendo cumprida. Além disso, comunicou o caso à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) para que adote as medidas cabíveis.

Em nota, a empresa Ourolux esclarece: “A Ourolux reconhece a importância do trabalho do Inmetro para a segurança do consumidor e tem nesse instituto um aliado em nossa busca constante por qualidade. Essa filosofia nos conferiu, entre outros reconhecimentos, a Certificação ISO 9001. Nesse sentido, realizamos anteriormente 3 testes com laboratórios formalmente certificados pelo Inmetro com o mesmo produto. Todos os testes apontaram que a lâmpada SUPERLED Ouro 9w, estava em conformidade com as especificações do órgão”.


LED Profiles lança novos perfil para fita de LED.

Durante o 8º LED Fórum, a LED Profiles apresentou sua nova linha de perfis para fitas de LED com destaque para os lançamentos ARK, Line UP, Pitch e Foot Bright.

A Empresa, que é fabricante nacional, tem condições de fornecer os perfis em qualquer comprimento (Até 6 metros) e com várias cores de acabamento.

“Nossos produtos são fabricados no Brasil. Não dependemos do tempo de importação, que pode variar de 45 a 60 dias, taxas de importação altas, alfândega com suas greves ou canais vermelhos e variação cambial do dólar para atender nossos cliente, portanto podemos entregar rapidamente qualquer item da linha.” Afirma Anselmo Gois, diretor da Empresa.

Durante o evento, a LED Profiles promoveu seu novo catálogo que pode ser baixado em sua página: www.ledporfiles.com.br


InterLumi Panama 2017 alcança novos recordes

Como uma das feiras comerciais de iluminação e LED mais promissoras de América Latina, a InterLumi Panama encerrou sua segunda apresentação atingindo novos recordes. 151 marcas de 21 países participaram do evento e expuseram produtos e tecnologias de iluminação de ponta.

Assim mesmo, 2.172 visitantes profissionais de 28 países e regiões foram atraídos pela mostra comercial exposta. O evento aconteceu de 29 de junho a 1 de julho de 2017, no Centro de Convenções Atlapa.

Durante a InterLumi Panama 2017, o número de companhias expositoras aumentou em 25%, estendendo assim, as oportunidades de negócios na região. Por outro lado, o número de visitantes foi incrementado em 10%, em que se contou com a presença de profissionais provenientes de países como Alemanha, Argentina, Bélgica, Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, China, Colômbia, Costa Rica, Dinamarca, Equador, Espanha, Estados Unidos, Guatemala, Honduras, Hungria, Itália, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, El Salvador, Taiwan, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela.

O Acordo do Programa de Compromissos Comerciais, elemento brilhante da InterLumi Panama 2017, foi lançado nos dois primeiros dias da feira. Grupos pré-selecionados de compradores da Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Nicarágua, Peru e Venezuela participaram do programa, com o propósito de implementar novos projetos e encontrar sócios em potencial. Mais de 100 compromissos pessoais foram programados, e tanto expositores como compradores elogiaram a atividade.

A segunda edição do Fórum de Iluminação Eficiente – América Central, o qual se tornou um dos eventos simultâneos de grande importância, contou com um repertório prestigioso de conferencistas. No total, 11 especialistas da Argentina, Canadá, Colômbia, Espanha, Guatemala, México e Panamá discutiram quatro temas em alta: “Iluminação inteligente e Internet das cosas”, “Tendências em Iluminação”, “Energias renováveis” e “Projeto de iluminação eficiente”.

As quatro sessões foram seguidas de painéis de discussão entre os oradores e o auditório, imprimindo maior força ao evento. “Estou muito satisfeito de poder compartilhar nossa investigação, e impressionado de ver este evento. Sei que é somente a segunda edição, mas o que vemos aqui, no Panamá, é uma exibição internacional, não apenas para o país, mas também para toda a região. Foi uma surpresa agradável ver a qualidade de delegados, dos expositores e de conferencistas que são conhecidos no Fórum. Estou aprendendo e compartilhando ao mesmo tempo”, declarou no final do Fórum, Ronald J. Zimmer, presidente e CEO da Continental Automated Buildings Association (Caba).

O apoio de todos os sócios estratégicos foi igualmente um elemento fundamental para o êxito da InterLumi Panama 2017. Os acordos firmados com 15 associações de sete países permitiram a promoção do evento, a captação de expositores, e a organização de delegações de compradores e visitantes profissionais.

Os interesses compartilhados entre a InterLumi e estas associações serviram como base para o estabelecimento de um compromisso recíproco, que teve como objetivo impulsionar o desenvolvimento e a comunicação entre os países latino-americanos.  “Há muitos produtos para satisfazer as necessidades de qualquer visitante e os participantes podem ter um panorama completo de como está a iluminação atualmente no mundo. Em relação ao fórum, é um evento que deve continuar, pois está muito bem gerido”, comenta Rubén Omar Sánchez, presidente da Associação Argentina de Luminotécnica (AADL).

“O mercado de iluminação eficiente está em plena expansão; estamos crescendo e vamos por um bom caminho”, afirma Annie Hernández, diretora executiva da Associação Guatemalteca de Iluminação (AGI). “Estamos analisando de que maneira a AGI e a InterLumi podem trabalhar conjuntamente para fortalecer as alianças em toda a região”.

O mercado regional está crescendo e o público está muito mais consciente sobre a importância da iluminação eficiente. Como feira líder de iluminação na América Latina, a InterLumi Panama seguirá maximizando suas vantagens em termos de localização e se esforçará para manter um alto nível de profissionalismo e oferecer os melhores serviços para os participantes de todo o mundo.

A terceira edição da InterLumi Panama, que ocorrerá de 11 a 13 de julho de 2018, no Centro de Convenções Atlapa, no Panamá, trará novamente o seu Programa de Compromissos Comerciais e o Fórum de Iluminação Eficiente –  América Central renovados.

A InterLumi Panama é uma feira internacional de iluminação organizada pelo America Expo Group (AEG), cuja atividade é especializada em mercados emergentes, principalmente, no Panamá atualmente. Graças às vantagens geográficas do Panamá, a AEG organizará feiras comerciais em diversas indústrias, combinando suas fontes regionais e sua rede global.

Para obter mais informações, acesse o site: www.inter-lumi.com ou entre em contato pelo e-mail: info@america-expo.com.


Saiba como escolher lâmpadas LED para cada necessidade

Diante da proibição da comercialização das lâmpadas incandescentes, as versões LED têm caído no gosto dos brasileiros. Disponíveis em diversos modelos, formatos e potências, os produtos têm se tornado a solução ideal para aplicação em ambientes comerciais e residenciais.

Além de contribuírem para a economia de energia e apresentarem maior vida útil, as lâmpadas LED podem ser aliadas importantes para a valorização da decoração dos espaços. Tatiane Quadrado, coordenadora da divisão de iluminação da Telhanorte, ensina como escolher o modelo ideal para necessidades diferentes.

Branca ou amarela? Assim como todos os demais itens de decoração que compõem o ambiente, as lâmpadas LED exigem cuidados e critérios antes da escolha. Identificar a temperatura ideal e correta para será determinante para a escolha do modelo. Para banheiros, áreas de serviço e cozinhas são indicadas lâmpadas brancas (luz fria), uma vez que são mais intensas.

Em espaços em que a prioridade é a manutenção do conforto e do aconchego, como, por exemplo, salas de estar, hall principal ou quartos, os modelos de luz amarela (quente) são as melhores alternativas.

Spot ou Painel? Uma maneira inteligente de utilizar as lâmpadas LED é aproveitar os efeitos proporcionados. A iluminação difusa é aquela que se espalha por toda a área, efeito proporcionado pelo modelo painel. Essa característica o torna alternativa para a substituição dos plafons e luminárias.

Caso a intenção seja inversa, ou seja, destacar um objeto ou espaço, a dica é apostar na iluminação de foco, proporcionada pelos modelos spots. Esses modelos têm ângulo de abertura, colaborando, por exemplo, na valorização de quadros, estantes, paredes decoradas ou algo que possa refletir diretamente no espelho. “É importante ressaltar que é essencial que essa opção atue, sempre que possível, de maneira integrada com pontos de iluminação difusa, pois um proposta complementará a outra”, destaca Tatiane.

Valorizando os espaços. Nas cozinhas, a dica é iluminar bem as bancadas de trabalho. Para isso, é necessário acrescentar pontos de luz com foco. Outra opção é utilizar fitas de LED embaixo dos armários.

Já nos quartos, é preciso tomar cuidado para não projetar luz na cabeceira da cama. A área pede pontos indiretos, que podem ser resolvidos com o uso de abajures nos criados-mudos. “É preciso também ter cuidado para não poluir visualmente o ambiente por meio da aplicação de uma série de painéis ou spots. Esses modelos devem ser instalados de maneira cuidadosa e estratégica, visando somente destacar ou ampliar a iluminação do espaço”, alerta a especialista.


« Previous Entries

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes