Iluminação LED chega à Basílica de São Pedro

Divulgação/Osram

Maior igreja do mundo e um dos grandes centros do catolicismo, a Basílica de São Pedro, no Vaticano, ficará ainda mais atrativa: a partir do Natal de 2018, o monumento histórico será iluminado por lâmpadas e refletores com tecnologia LED, fornecidos pela multinacional alemã Osram.

Os produtos escolhidos para o projeto têm aplicação semelhante aos já instalados na Capela Sistina, em 2014. “O sistema de iluminação LED utilizado na Capela Sistina ampliou ainda mais o nosso reconhecimento mundial”, explica Olaf Berlien, CEO da Osram. “E agora estamos muito entusiasmados com esse projeto na Basílica de São Pedro, uma nova oportunidade de demonstrar as nossas habilidades como fornecedora de soluções complexas e de iluminação em grande escala”, completa.

Além de uma experiência única aos visitantes, os itens que iluminarão a igreja garantem uma economia de energia de até 85% e podem ser ajustados de acordo com a ocasião de uso do prédio.

O novo sistema de iluminação acentuará as propriedades dos materiais usados na basílica, com destaque ainda maior à plasticidade da estrutura, aos mármores e a toda a sua arquitetura. A escolha dos produtos foi feita pelo Governo do Estado do Vaticano junto à Fábrica de São Pedro, responsável pela restauração e decoração do edifício.

Com uma capacidade para receber cerca 20 mil pessoas, a Basílica de São Pedro tem 190 metros de comprimento, com três naves de 58 metros de largura cada, além de uma nave central de 45,5 metros no seu ponto mais alto e uma cúpula de 136 metros de altura até o topo da cruz. O interior, com suas vastas decorações em mosaico, é um tesouro de algumas das mais famosas obras de arte do mundo, como o Baldacchino, de Bernini, e a Pietá, de Michelangelo.

Comments are closed.

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes