Integrador de Sistemas Residenciais – Curso Aureside

A evolução tecnológica dos diferentes sistemas domésticos, aliados ao crescimento explosivo da Internet e os resultados dos investimentos em infra-estrutura de comunicações, tem estimulado a indústria de construção civil a incorporar soluções inovadoras de automação residencial em seus novos empreendimentos.

As soluções tradicionais utilizam sistemas autônomos, que não se comunicam entre si. Desta forma, os benefícios da integração não estão sendo levados aos usuários: maior segurança e economia, conforto, conveniência e entretenimento, entre outros. Além disso, a construção resulta mais custosa, os prazos de implantação mais dilatados e os resultados insatisfatórios.

É necessário mudar este cenário. Não se pode hoje planejar a construção de residências (que estarão prontas para o uso dentro de alguns anos) sem fazer um projeto de integração prévio, definindo todo o cabeamento, infra-estrutura, plataformas de automação e relação de equipamentos necessários.

Ciente desta realidade, a AURESIDE se preocupa em divulgar a importância de se contratar um profissional, que denomina “integrador de sistemas residenciais”, o qual poderá efetivamente assumir esta tarefa.

Por outro lado, um dos principais problemas para podermos implantar esta solução é que não contamos com profissionais de perfil adequado a esta nova realidade para suprir as necessidades do mercado. Na pratica, esse trabalho hoje é conduzido de forma isolada para cada sistema residencial e, ao final da obra, existe a necessidade de inúmeras adaptações e ajustes, o que pode comprometer totalmente o resultado final.


Sistemas Residenciais

Quais são os sistemas residenciais modernos que devemos incluir num projeto integrado?

Vamos enumerar os principais:

- áudio, vídeo, som ambiente, tv por assinatura.
- segurança (alarmes, monitoramento, cftv).
- controle de iluminação
- telefonia
- redes de dados e informática
- ar condicionado e aquecimento
- persianas e cortinas automáticas
- eletrodomésticos inteligentes
- utilidades (irrigar, bombas, aspiração central, gás).
- gerenciamento de energia

Definindo o Integrador de Sistemas Residenciais

Podemos então definir o integrador de sistemas residenciais como o profissional que elabora o projeto integrado, acompanha a execução da obra, participa da contratação dos terceiros envolvidos, supervisiona a instalação e garante o desempenho final do sistema integrado.

Para atingir estes resultados perante seu cliente (seja ele o incorporador de um condomínio, um arquiteto ou o morador da residência), ele deve utilizar seus conhecimentos e habilidades, dispor de uma dada metodologia e incorporar em seu dia a dia novos fatores comportamentais

A Estrutura do Programa de Formação para Integradores

Esquema geral dos 3 dias de curso presencial

1o dia 2o dia 3o dia
(1) (5) (6) (7)
(2)(8) (3)(4)(8) (7)(8)

AULAS PRESENCIAIS – 27 horas

(1)- Fundamentos da Automação Residencial: Proporciona ao treinando uma visão geral das funções e benefícios da automação residencial como um todo. Discute o aspecto primordial da integração de sistemas dentro do moderno conceito de A.R.

(2) – Elementos de Projeto Integrado de A.R.
Enumera e discrimina os principais elementos de um projeto integrado. Discute técnicas de apresentação gráfica de projetos e como implementá-los na prática. Início dos trabalhos em projeto.

(3)- Como vender Automação Residencial:
A apresentação dos benefícios dirigidos aos proprietários de residências e como utilizá-los nas abordagens para vendas e comercialização. Formatação de pacotes de prestação de serviço. Venda de equipamentos.

(4)- Mercado: Neste módulo o treinando tem a oportunidade de praticar e avaliar a conduta de venda de serviços de Automação Residencial, servindo de apoio ao módulo 3. São Apresentadas as formas de trabalho do Integrador, bem como políticas de comercialização de produtos.

(5) Cabling System Design: Cobre aspectos de planejamento, projeto, instalação e utilização de esquemas de cabeamento, radiofreqüência e caminhos e espaços, Home Theater, CATV, CFTV etc.

(6) Sistemas:Serão apresentados sistemas com e sem fio mais utilizados no mercado atual, os mesmos servirão de base para o desenvolvimento do projeto do curso.

(7) Projeto: Ao longo do treinamento os participantes irão desenvolver um projeto de Automação Residencial, com alguns itens básicos e utilizando mais de uma solução.

(8) Avaliações: Serão desenvolvidos trabalhos práticos em sala, como elaboração de projetos e durante o  Curso teremos avaliações dos participantes. Também são discutidos em sala os resultados obtidos em turmas anteriores.

Apresentação de produtos: durante o curso presencial, fornecedores escolhidos farão curtas apresentações de soluções e produtos para ilustrar as práticas técnicas e comerciais desenvolvidas entre fabricantes e integradores

AULAS VIRTUAIS – 13 horas

Após o curso presencial, os alunos terão acesso ao material de treinamento de diversos fornecedores cadastrados previamente pela organização do programa de certificação. Também estarão eventualmente disponíveis temas complementares sugeridos pela AURESIDE.

Para completar a carga horária, o aluno deverá escolher pelo menos 3 cursos virtuais com duração total de até 12 horas, entre as opções que a AURESIDE oferece durante o curso presencial. Haverá disponibilidade destes cursos de forma constante e em horários variados, de modo que o participante poderá concluir o estudo deste material num curto período após a conclusão da etapa presencial.

A oferta destes cursos pode ser vista na página oficial do nosso calendário.

A organização do curso reserva ainda 1 hora em sala virtual para esclarecimento de dúvidas e avaliações do programa.

Fonte: Aureside

Comments are closed.

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes