Neosolar Energia inaugura centro de capacitação em São Paulo

De acordo com pesquisa do Portal Solar, o mercado de energia fotovoltaica deve crescer 300% em 2016

O setor de energia solar cresce a cada dia no Brasil e no mundo. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Portal Solar, a área teve crescimento recorde em 2015 e a perspectiva de crescimento é de 300% em 2016. Por conta da alta procura por capacitação, a Neosolar Energia, empresa que atua na área de soluções completas de energia solar, e que atua na área de capacitação desde 2012, estruturou uma nova sede para ministrar os cursos.

O Centro de Treinamento Neosolar, inaugurado em 2016, tem localização privilegiada (fácil acesso às linhas de Metrô da Av. Paulista e ao aeroporto de Congonhas) e estrutura física diferenciada, que permite o contato prático dos alunos com diferentes sistemas e tecnologias. Além disso, conta com equipe de especialistas altamente qualificados, com vasta experiência no setor elétrico e fotovoltaico.

“Nosso principal objetivo é nos tornarmos um centro de excelência em treinamentos práticos e teóricos, além de ajudar na capacitação técnica e na disseminação do bom uso da energia fotovoltaica em todo o Brasil”, ressalta o gerente de treinamentos da Neosolar Energia, Paulo Frugis.

A empresa oferece cursos voltados aos sistemas off-grid (sistemas isolados, que não são conectados à rede) e grid tie (sistema conectado à rede, que substitui ou complementa a energia elétrica convencional disponível na rede elétrica).

Mais informações: www.neosolar.com.br


México torna-se pioneiro em internet por luz

O México tornou-se o primeiro país a colocar no mercado a tecnologia de conexão Li-Fi, que promete substituir a Wi-Fi. A tecnologia Li-Fi permite a transmissão de áudio, vídeo e internet até 100 vezes mais rápido, através da luz de LEDs e outras luminárias, ou seja, por meio de luz visível, substituindo as ondas de rádio do sistema Wi-Fi. “Imagine ter internet através de cada luminária, evitando os problemas de velocidade e largura de banda saturadas porque todo mundo está conectado,” diz Arturo Campos, responsável pelo lançamento do serviço, chamado LedCom, da empresa Sisoft.

Segundo ele, a taxa de transmissão do Li-Fi permitirá o aumento da velocidade da internet para até 10 gigabits por segundo em alguns casos, o equivalente ao download de um filme HD em apenas 30 segundos, embora a velocidade dependa da empresa fornecedora.

E uma já vislumbrada segunda geração da tecnologia poderá alcançar larguras de banda ainda maiores, assim que os lasers brancos consigam sair dos laboratórios.

Custos do Li-Fi

Para transmitir os sinais por luz, os chips Li-Fi da SiSoft foram projetados para captar os sinais do roteador e convertê-los em alterações no brilho emitido pelos LEDs. O receptor é conectado ao computador por uma porta USB. A empresa anunciou uma capacidade de produção de 10.000 chips Li-Fi por mês.

Campos afirmou que serão colocados no mercado diferentes kits, que variam de cinco lâmpadas até a iluminação completa de uma casa ou escritório, garantindo a transmissão de dados para qualquer canto iluminado.

Os custos vão depender do tipo de luminária, sendo estimados entre 50 e 400 dólares (R$200 a R$1.600), incluindo o transmissor, receptor e a instalação. A estimativa é que as lâmpadas tenham um tempo de vida de dois anos.


Aura Festival convida


Abilux divulga resultados do setor de iluminação em 2015

Em 2015 a indústria de iluminação viveu realidades distintas. De um lado, os impactos negativos da economia e da construção civil contribuíram para reduzir o seu desempenho, por outro, a busca pelas empresas e consumidores em reduzir suas despesas de manutenção e de energia elétrica propiciou uma maior demanda por produtos economizadores de energia. Neste contexto as luminárias e lâmpadas com LED foram os produtos de destaque.

Em 2016 não será diferente. Produtos com tecnologia LED, segundo estimativas da Abilux, continuarão apresentando resultados positivos: crescimento de 30% nas vendas de luminárias e de 100% nas de lâmpadas. Em 2015 registrou-se crescimento em unidades tanto em luminárias, (da ordem de 30%) como em lâmpadas (tubulares, rosca e baioneta), incremento de 170% em unidades, mas com redução no preço médio de 50% desse grupo.

Mas nem mesmo nichos como o de lâmpadas e de luminárias com tecnóloga LED, que registraram crescimento conseguiram elevar o faturamento do setor. Quando comparado a 2014, quando o segmento acumulou vendas da ordem de R$4,05 bilhões, o que se viu foi uma queda em 2015, quando o desempenho registrado pelo setor foi de R$3,90 bilhões.

O nível de emprego foi também afetado. Os 37 mil registrados em 2014 passaram a 33 mil em 2015. Queda também nas exportações (US$36 milhões em 2015 contra US$40, em 2014) e importações (US$700 milhões, em 2015 e US$785 milhões, em 2014).


Parceria entre Celena e AES Sul distribui mais de 30 mil lâmpadas

O Projeto Eficiência Solidária, da distribuidora gaúcha de energia AES SUL, promoveu entre 27 de outubro e 24 de janeiro a distribuição de 33.628 LED da Lâmpadas Golden a consumidores de Santa Cruz do Sul (RS).

Mais de sete mil clientes foram beneficiados pela iniciativa de incentivo à redução no consumo de energia. Os modelos distribuídos pela campanha foram o LED A60 de 9,5W da Golden, o mais indicado para substituir a incandescente de 60W, que é a mais usada pelos lares brasileiros. A licitação para sua comercialização foi vencida pela Celena, empresa de eficientização energética especializada no desenvolvimento de projetos com tecnologia LED e soluções integradas em iluminação, uma das primeiras empresas a obter o selo Procel para atender as demandas das concessionárias por produtos eficientes em programas de uso inteligente de energia, conforme prevê Resolução Normativa da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Cerca de 6.700 residências foram beneficiadas. Com a incandescente, a estimativa de consumo mensal de energia com iluminação por lar representava aproximadamente 27 kW mês; já com o LED o consumo caiu 84 %, passando a 4,2 kW.

Cada endereço pode trocar cinco lâmpadas incandescentes por outras de LED pelo custo unitário de R$ 2,00, que totalizou uma arrecadação de R$ 67.256,00 doados ao Instituto Humanitas Fraternidade, responsável pelo atendimento a pessoas de todas as idades em situação de vulnerabilidade social.

O projeto Eficiência Solidária alcançou uma redução de 1.971 kW, o equivalente à demanda de uma cidade de 3.942 habitantes.

www.celenapar.com.br


Brilia apresenta produtos funcionais e garante experiência com a tecnologia LED

Com vasto portfólio especializado em soluções LED, a Brilia se dedica em oferecer qualidade e tecnologia em iluminação. Pensando sempre em atender às necessidades do consumidor, a marca apresenta produtos funcionais distribuídos em três linhas distintas e complementares: Smart, Intelligent e Expert, que garantem praticidade e economia de energia.

Destaque para a Luz Noturna com sensor de luminosidade, da linha Smart, produto perfeito para garantir conforto e tranquilidade durante a noite. Trata-se de uma opção prática e econômica, ideal para balizar ambientes como quartos e corredores de maneira suave e inteligente. Quando as luzes se apagam, por meio do sensor integrado de luminosidade, a Luz Noturna acende automaticamente.

Já na linha Intelligent, a Brilia destaca a PAR 20 dimerizável, que conta com excelente intensidade e moderno conjunto ótico, o que faz toda diferença na iluminação do ambiente, seja comercial ou residencial. Como diferencial, o produto é dimerizável, por isso, seu moderno design faz com que lâmpada e luminária se integrem e pareçam uma peça única.

Para informações técnicas, acesse: http://www.brilia.com/brilia-led-luz-noturna.html e http://www.brilia.com/par20dimerizavel.html.


« Previous Entries Next Entries »

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes