Shammaluz busca expansão de pontos de vendas

Em franca expansão, a Shammaluz, indústria no segmento de luminárias decorativas no Brasil tem gerado um crescimento de 30% ao ano com mais de 1000 pontos de vendas em 22 estados. Os produtos custam em média de R$ 30 a R$ 300, onde a maioria de suas consumidoras são mulheres das classes C e D. Hoje os produtos são comercializados em 95% em lojas especializadas em iluminação e material de construção e 5% Médias e Grandes varejistas.

Hoje, os mercados das regiões Sul, Nordeste e Norte se tornaram os principais emissores da indústria, que busca se consolidar por todo o Brasil. “Estamos em franca expansão de produção e hoje temos capacidade de fazer negócio com as grandes home-centers do país. Queremos dobrar nosso numero de pontos de venda em um ano e para isso queremos inserir nosso produto no PDV destas grandes Redes varejistas especializadas em iluminação e materiais de construção”, destaca Marcos W. Aquino, Diretor de Planejamento e Operações da Shammaluz.

De capital 100% nacional, toda a tecnologia na fabricação das luminárias foi desenvolvida na própria empresa, desde o projeto das máquinas, passando pelos processos de trabalho e até a qualificação e treinamento de mão de obra. Hoje, a Shammaluz é responsável pela elaboração de um dos materiais mais utilizados na produção das unidades: o acrílico aglomerado, utilizado em alguns modelos clássicos como os populares lustres de folhas e gotão e os modernos pendentes jarro, bola e Ovni.

O conceito de inovação na companhia é frequente desde o seu início, como o pioneirismo em adaptar componentes para acrílico, antes só fabricados em vidro. A Shammaluz é a única fábrica a produzir a versão retrô do lustre de pingos, muito popular na década de 70.

Sobre a Shammaluz: Fundada em 2006, pelos irmãos Marcos, Márcio e Marcelo Aquino, a empresa de origem familiar é uma das que mais crescem no segmento de luminárias do país. De acordo com as regras da Anvisa, é uma companhia pertencente ao grupo IV, que valoriza a produção 100% nacional e aplica a inovação para desenvolvimento de novos produtos. Atualmente responde por um crescimento de vendas de 30% ao ano. Com mais de 120 modelos diferentes de luminárias decorativas, conta com um mix de materiais bem atualizados, como vidro decorado, acrílico, metais, componentes anti-chama e também com um catálogo composto de linhas exclusivas.

Serviço: www.shammaluz.com.br / Tel.(55-11) 2851-9800


O Natal Iluminado pelos LEDs

O Natal se aproxima e já é possível ver a cidade iluminada pelas luzes natalinas. Desde as luzes mais baratas que sequer piscam, até as mais caras em que é possível controlar cores e sequências ao gosto do usuário, a iluminação natalina costuma atender a todos os gostos e bolsos. Mas há quem tenha deixado de realizar a decoração dos sonhos por restrições no orçamento e quem tenha transformado seu lar em um verdadeiro espetáculo de luz, sem, no entanto, pensar no gasto de energia que toda essa decoração traz.

A iluminação natalina convencional – composta pelas pequeninas lâmpadas incandescentes –, além de gerar um consumo relativamente alto de energia, queima facilmente, muitas vezes antes de terminar o ano. Uma alternativa bastante vantajosa para substituição dessa iluminação são as lâmpadas a LED.

As lâmpadas LED duram mais – por vários natais –, consomem até 90% menos energia e proporcionam efeitos e cores inimagináveis! Cada lâmpada dos pisca-piscas convencionais costuma consumir cerca de 5W. Um acessório com 100 lampadazinhas, por exemplo, gera um gasto adicional de R$ 66,60 na conta de energia a cada mês em que a iluminação ficar ligada (considerando que a mesma fique ligada das 18:00 às 00:00 e o custo do KWh seja R$ 0,37). Se a iluminação costuma ficar ligada também pela madrugada, esse valor dobra!

A iluminação natalina a LED costuma ser 30% mais cara que a convencional, porém este gasto a mais é compensado na economia de energia e na ausência de lâmpadas queimadas. Além disso, as lâmpadas LED são bem mais robustas que as convencionais e não têm filamento que causa aquecimento, significando mais segurança para a sua árvore de Natal. Pense nisto e opte pela iluminação natalina a LED.

case_ilum_natal_2

Fonte: LEDO Brasil


On Light – Luminárias renomadas com descontos de até 50%

Onlight SP – Rua Joaquim Antunes 162 –  11 3081 3282
Onlight RJ – Rua Fonte da Saudade 115 –  21 3178 0669


Em evento promovido pela Philips, Fernando Meirelles fala sobre a construção de cenários por meio da iluminação

Durante o Lights On 2013, o cineasta e seu parceiro em fotografia, César Charlone, abordam a relação entre o cinema e vida real na criação de espaços para um público formado por Lighting Designers e profissionais do setor de iluminação

São Paulo, novembro de 2013 – A segunda edição do “Lights On”, encontro promovido pela Philip entre os principais designers de iluminação do Brasil e convidados do setor, recebe nesta quarta-feira (27/11), a partir das 19h30, o premiado cineasta Fernando Meirelles, que vai falar sobre a iluminação técnica no cinema, atendendo ao tema do evento deste ano: “A Cidade como Cenário”. O evento exclusivo para convidados acontece no Cinépolis do JK Iguatemi.

O diretor de “Cidade de Deus” (2002), longa-metragem indicado ao Oscar, e de “O Jardineiro Fiel” (2005), que tem formação em arquitetura e urbanismo pela Universidade de São Paulo, vai apresentar sua visão sobre as relações entre o cinema e a vida real na construção de cenários por meio da iluminação, elemento que gera sensações e impacta fortemente no comportamento das pessoas.

Todo esse conteúdo apresentado ao longo do evento será reforçado por César Charlone, fotógrafo e parceiro de longa data de Meirelles em projetos como o próprio “Cidade de Deus” e “Ensaio Sobre a Cegueira”. Charlone também abordará o conceito de que a iluminação, ao transformar cenários, é capaz de causar os mais diferentes sentimentos.

“Este encontro é uma das formas de avançarmos nos nossos objetivos de oferecer soluções de bem estar para as pessoas, por meio da troca de ideias e reflexões sobre o desenvolvimento do espaço urbano”, diz Henk De Jong, presidente da Philips na América Latina. “O ‘Lights On’ reforça nossa parceria com os profissionais de lighting design, que são importantes agentes de mudanças positivas nas cidades e podem contar conosco para apoiá-los e inspirá-los nessa missão”, completa o executivo.

A parceria da Philips com lighting designers foi responsável por grandes projetos de alta tecnologia, como a iluminação do Pelourinho, em Salvador (BA), do Jardim Botânico de Curitiba, da Avenida Faria Lima (SP) e do Estádio do Maracanã (RJ). Dessas experiências, entre muitas outras, fica cada vez mais evidente como a iluminação é decisiva para melhorar a vida de pessoas por meio dos espaços e as sensações por ela geradas.

“Falar sobre a experiência do cinema e seu princípio fundamental de utilizar a luz como expressão artística é um meio de contribuir com a evolução do setor, cada vez mais preocupado com a oferta de soluções sustentáveis de ambientes que colaborem com desenvolvimento humano”, diz Flávio Guimarães, diretor de Iluminação Pública da Philips do Brasil.

O Lights On 2013 será realizado para convidados na Sala VIP Cinépolis do Shopping JK, em São Paulo. A programação conta com alguns projetos de sucesso da Philips ao longo do ano em parcerias com grandes artistas da iluminação que serão brevemente apresentados em um vídeo sobre como a iluminação tem o poder de mudar a vida das pessoas.

Lights On 2013

Horário: 19h30

Local: Sala VIP Cinépolis do Shopping JK

Data: 27/11

Fechado para convidados


Golden lança linha LED que cabe no bolso do consumidor

Golden lança linha LED que cabe no bolso do consumidor

Agora o consumidor doméstico já dispõe de todos os benefícios da tecnologia LED  com um preço que cabe no seu bolso. Trata-se da Ultra LED A60 de 7W que a Lâmpadas Golden traz para o mercado brasileiro como alternativa mais eficiente para substituir a incandescente de 40W.

Muito usada nos lares brasileiros, especialmente em iluminação decorativa e complementar, a incandescente tem a desvantagem de consumir somente 10% da energia para geração de luz, sendo o restante convertido em calor. Com a Ultra LED A60 da Golden a economia de energia pode chegar a 95%, além disso, como dura até 15 vezes mais, acabou aquela história de trocar a lâmpada com frequência, o que significa menor impacto ambiental.

Seu bulbo com formato arredondado agrada também aqueles que eram apegados ao apelo estético da lâmpada inventada no século XIX por Edson, com a vantagem adicional de não desbotar a cor dos objetos nem oferecer riscos à saúde e ao meio ambiente, pois não contém metais pesados em sua composição. A Ultra LED A60 encaixa-se nos soquetes existentes, sem necessidade do uso de adaptadores.

Com preço mais acessível, a Golden coloca a tecnologia LED ao alcance de todos. O produto pode ser encontrado em lojas de materiais elétricos, supermercados e home centers. Para maiores informações contatar  vendas@lampadasgolden.com.br.

Dados técnicos

Potência: 7W

Temperatura de cor : 3000 e 6500 K

Tensão: Bivolt

IRC: 80

Vida útil: 15 mil horas

Preço: R$ 49,00


Hypercube

Baseado nas características de um hipercubo e a sua quarta dimensão, o dreamscape intitulado Hypercube, foi elaborado pela Super Nature design, em Shangai, e é uma instalação de arte interativa. A obra manipula a visão e a representação através de explorações de paisagens arquitetônicas e a sua iluminação, com luzes de LED, cria um ambiente extremamamente imersivo. Hipnotizantes mensagens escondidas dentro da sua estrutura cúbica captam a atenção do público e cada camada oferece um novo sentido de dimensão e diferente campo de profundidade. Uma forte experiência visual de movimento luz e ilusão!

Veja o vídeo: http://vimeo.com/77667135

Fonte: Brlia


« Previous Entries Next Entries »

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes