GE é reconhecida como uma das principais fornecedoras do mercado de iluminação

ABREME - GEESMN2

A GE foi reconhecida, pela 11ª edição do Prêmio Abreme Fornecedores, como a empresa que mais evoluiu no mercado elétrico de iluminação em 2015. A premiação, promovida pela Associação Brasileira dos Revendedores e Distribuidores de Materiais Elétricos, foi criada para que lojistas de todo o país reconhecessem a atuação – nos segmentos de Iluminação, Fios e Cabos, Dispositivos Elétricos e Material de Instalação – dos fornecedores que mais se destacaram ao longo do ano.

Com base na internet industrial e na incorporação de sensores a lâmpadas e luminárias, a GE Lighting cria plataformas inteligentes e desenvolve soluções completas de iluminação para os segmentos industrial, público e de varejo. “Frente a um mercado em intensa transformação, a Abreme atesta a GE como uma das indústrias mais inovadoras do mercado e que mais tem evoluído no sentido de desenvolver soluções alinhadas à nova realidade da indústria da iluminação. Este prêmio nos dá muito orgulho e mostra que estamos na direção correta em nosso posicionamento no mercado brasileiro”, celebra Alexandre Ferrari, gerente geral da GE Lighting no Brasil.


Ourolux lança LED de Alta Potência para ambientes com Pé-Direito Alto

Ambientes residenciais e comerciais com pé-direito alto, precisam de lâmpadas com maior eficiência luminosa. De olho nesse segmento, a OUROLUX acaba de lançar mais um produto com a tecnologia LED: a SUPERLED ALTA POTÊNCIA.

O produto possui a mais alta eficiência luminosa do mercado:  112lm/W, com 1800 lúmens . A lâmpada SUPERLED ALTA POTÊNCIA é bivolt, com base E-27, potência de 16W e temperatura de cor de 6400K.

Outros fatores que tornam essa lâmpada ideal para ambientes com teto alto são o alto fluxo luminoso, o alto fator de potência eo IRC 80. Seu  facho de luz é de 150 graus, equivalente a uma lâmpada fluorescente de 45W.

A Ourolux é uma empresa brasileira especializada em iluminação com mais de 20 anos de experiência e referência no cenário nacional.

Com mais de 200 colaboradores, a Ourolux atende a mais de 5 mil clientes de todos os portes, por todo o país.

Trabalhando com mais de 500 itens de iluminação, a Ourolux desenvolve e patenteia produtos inovadores para uso comercial, residencial, industrial e público.

Para atender à demanda desta força de vendas e portfólio, possui uma Logística estruturada com mais de 20 mil metros quadrados de área de estocagem, distribuídos em quatro centros de distribuição: Guarulhos-SP, São Carlos de Pinhal-PR, Rio de Janeiro-RJ e Recife-PE


Iluminação de LED leva mais segurança às pistas da CCR MSVia

BR 163/MS, Praça de Itaquiraí – km 113,2 – Foto: Rachid Waqued

BR 163/MS, Praça de Itaquiraí - km 113,2 – Foto: Rachid Waqued

Rodovia do Mato Grosso do Sul recebe iluminação da GE que garante maior visibilidade aos motoristas e reduz custos com consumo de energia e manutençã.

Trafegar nas pistas da BR-163/MS, operada pela CCR MSVia, está mais confortável e seguro. A partir do projeto realizado junto à GE Lighting, nove postos de pedágio e trechos ao longo da rodovia receberam novo sistema de iluminação baseado na tecnologia LED. Ao todo, mais de 650 luminárias foram instaladas de maneira a garantir maior conforto visual e segurança aos motoristas que trafegam diariamente pela rodovia, que liga o estado do Mato Grosso do Sul em toda sua extensão de norte a sul.

Além de proporcionar maior visibilidade aos motoristas, uma lâmpada de LED apresenta vida útil de até 100 mil horas, o que seria 400% a mais que uma lâmpada convencional, aumentando a durabilidade de todo o sistema e reduzindo a necessidade de manutenções em 70% ao longo do seu tempo de utilização.

“Os motoristas que passam pela BR-163/MS trafegam, em média, a 100 km/h, por isso é essencial contar com um sistema de iluminação que garanta alto nível de visibilidade e segurança”, comenta Fausto Camilotti, Gestor de Atendimento da CCR MSVia. “Com o valor economizado em consumo de energia e com a redução de manutenções, poderemos investir em outras melhorias que gerem benefícios às pessoas que trafegam pela rodovia diariamente”, complementa Camilotti, citando investimentos relacionados à manutenção das pistas e adoção de sistemas mais modernos e inteligentes de gerenciamento das vias.

A BR-163/MS é fundamental para a economia do estado do Mato Grosso do Sul. A rodovia, que passa por 21 cidades, liga o estado entre as cidades de Mundo Novo (divisa com o Paraná, ao Sul) e Sonora (divisa com o Mato Grosso, ao Norte). Ao todo são 845 km que ajudam a escoar a produção da agroindústria para outras regiões do País e que desempenha papel estratégico ao impulsionar o comércio e o turismo local.

“Este é um projeto que beneficia todo o País ao ponto em que melhora a infraestrutura de um trecho importante da malha viária nacional. Como ponto adicional, reitera o papel estratégico de sistemas de iluminação de LED ao levar mais visibilidade, conforto e segurança aos motoristas”, diz Alexandre Ferrari, Gerente Geral da GE Lighting para o Brasil.

Em projeto similar, a GE também foi responsável por instalar luminárias de LED em trecho urbano da BR-153, na região de Marília e, recentemente, executou projeto de troca do sistema de iluminação de vias públicas da cidade de Belém: Avenida Visconde de Souza Franco, Avenida João Paulo II e Avenida Brigadeiro Protásio. Ainda em iluminação pública, a divisão de iluminação da empresa também participa de concorrências para a implantação de iluminação de LED nas cidades de São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Contagem (MG) e Vitória (ES).

Mais do que economia

A eficiência dos sistemas de iluminação com tecnologia LED se deve as suas características únicas, que contam com alta eficiência e um sistema óptico reflexivo único que permite o direcionamento mais preciso das áreas a serem iluminadas ao mesmo tempo em que ajuda a reduzir o desperdício de luz.

“Iluminação pública deve ser encarada como um meio de aumentar a segurança ao tráfego seja para o motorista ou para o pedestre. Nesse sentido, o LED desponta como tecnologia superior capaz de aumentar a visibilidade das vias, reduzir consumo energético e, adicionalmente, gerenciar o nível de luminosidade de acordo com a incidência de luz necessária”, comenta Paulo Candura, especialista em iluminação pública com ênfase em gestão de projetos. Em iluminação pública, o LED pode reduzir o consumo de energia em mais de 50% se comparado às tecnologias tradicionais.

Adicionalmente, a tecnologia é ambientalmente mais amigável e alinhada às novas diretrizes de descarte de componentes elétricos e eletrônicos. “As lâmpadas de LED possuem o benefício de não conterem mercúrio em sua fórmula, o que facilita o seu descarte ao não poluir o meio ambiente”, explica Alexandre Ferrari. As tecnologias tradicionais de iluminação ainda contam com metais pesados em sua composição, que quando descartados no meio ambiente podem contaminar o solo e lençóis freáticos.


Certificação LED começa a valer em dezembro

Concorrência com produtos de baixa qualidade deve subsistir até 2017

A certificação do LED começa a valer a partir de dezembro, mas engana-se quem pensa que vai resolver de imediato o problema dos produtos de baixa qualidade que assolam o mercado e da falta de transparência nas informações ao consumidor. Esta é a avaliação do diretor executivo da Lâmpadas Golden, Álvaro Diniz.

Isto porque, a partir de 13 de dezembro de 2015, as lâmpadas fabricadas e importadas deverão estar de acordo com os requisitos, porém, comércio tem até 13 de setembro de 2017 para vender todo o seu estoque de lâmpadas LED não certificadas. “Como consequência, muitos importadores devem fazer estoque de produtos sem certificado e com baixo custo”, conforme Diniz.

Quanto aos testes, de acordo com o INMETRO, eles devem ser feitos apenas em laboratórios credenciados. Neste espaço de tempo, as empresas terão apenas três laboratórios para atender a demanda de testes de centenas de importadores, o que não é simples, pois envolve diversos equipamentos e tem duração mínima de 3000 horas de ensaios de vida – totalizando, aproximadamente, quatro meses. Portanto, não é de se estranhar o possível desabastecimento de produtos de qualidade no mercado. Além disso, os pequenos importadores, que representam uma boa fatia do mercado hoje, não têm estruturas de engenharia e financeira suficientes para se adequar à norma.

Empresas consolidadas no mercado e que apostam na qualidade de seus produtos já estão com os processos de certificação em andamento. É o caso da Lâmpadas Golden, que já tem 100% dos seus produtos aprovados em testes iniciais faltando, apenas, a conclusão dos ensaios após 3000 horas de sazonamento, explica o executivo. Diniz também afirma que a norma brasileira é uma das mais rígidas do mundo, pois combinou aspectos da norma europeia (Compatibilidade Eletro Magnética) com as altas exigências de vida e performance da norma americana (25.000 horas de vida e baixa depreciação lumínica).

Ao que se refere às embalagens, a certificação determina que devem trazer, além do selo do Inmetro corretamente aplicado, a equivalência às lâmpadas incandescentes e fluorescentes devidamente descritas. Enquanto a norma não está em pleno funcionamento, Diniz orienta o consumidor a estar atento às informações para não ser enganado. “Compare o fluxo luminoso e escolha modelos que possuam um número de lúmens aproximado. Não se deixe enganar por marcas que prometem um grau de equivalência melhor, mas com luminosidade diferente. Lembre-se que potência não é luz, mas consumo”, finaliza o executivo.


Ourolux lança lâmpada LED que substitui fluorescente

SUPERLED Tube Glass proporciona 50% de economia de energia e é indicada para iluminação de grandes áreas.

A Ourolux, empresa de iluminação líder no segmento LED no Brasil, acaba de lançar mais uma inovadora linha de produtos: as lâmpadas SUPERLED Tube Glass.

Disponíveis nas potências de 9W (800 lúmens) e 18W (1600 lúmens), as lâmpadas SUPERLED Tube Glass são indicadas para novas instalações e para substituição das lâmpadas fluorescentes convencionais, com economia de 50% de energia.

Bivolt, com temperatura de cor de 6400K, a SUPERLED Tube Glass, pode ser utilizada em supermercados, estacionamentos, escolas, escritórios, lojas de conveniência e em outras grandes áreas.

A Ourolux é uma empresa brasileira especializada em iluminação com mais de 20 anos de experiência e referência no cenário nacional.

Com mais de 200 colaboradores, a Ourolux atende a mais de 5 mil clientes de todos os portes, por todo o país.

Trabalhando com mais de 500 itens de iluminação, a Ourolux desenvolve e patenteia produtos inovadores para uso comercial, residencial, industrial e público.


Lutron patrocinará a sétima edição do LEDforum

A Lutron Electronics, empresa especializada no controle de iluminação artificial e natural, será mais uma vez patrocinadora do LEDforum, o mais importante evento de iluminação arquitetural do Brasil e um dos maiores do mundo.

A sétima edição do evento, que acontecerá nos dias 18 e 19 de agosto de 2016, no Tivoli Mofarrej Conference Hotel, em São Paulo, apresentará um grande panorama do mercado de iluminação, reunindo grandes nomes do light design nacional e internacional para discutir a aplicação da tecnologia LED, conceitos e rumos da iluminação.

Além da presença da empresa norte-americana no evento expondo seus produtos e soluções, a Lutron mais uma vez marcará presença como palestrante no LEDforum. Em 2015, o engenheiro Ricardo Benucci, gestor de vendas da Lutron Brasil, apresentou, em uma das palestras mais concorridas do evento, uma visão geral sobre a dimerização e da escolha de controle ideal para essa fonte luminosa.


« Previous Entries Next Entries »

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes