Inmetro fiscaliza lâmpadas no comércio

Operação Especial Lux será realizada em todo o país, entre 11 e 15 de abril

Abril de 2016 – O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) realiza em todo o país, entre os dias 11 e 15 de abril, a Operação Especial Lux. Fiscais dos órgãos delegados, os Institutos de Pesos e Medidas Estaduais, verificarão se lâmpadas fluorescentes, lâmpadas halógenas, lâmpadas LED, lâmpadas incandescentes decorativas, variadores de luminosidade e luminárias de emergência são comercializadas em conformidade com o respectivo regulamento.

“O objetivo é coibir a venda de produtos irregulares e proteger o mercado nacional contra produtos de baixa qualidade e que não atendem aos requisitos mínimos de segurança elétrica e eficiência energética”, destaca Alfredo Lobo, diretor de Avaliação da Conformidade do Inmetro.

Além do selo de identificação da conformidade ou da etiqueta nacional de eficiência energética, os produtos comercializados devem apresentar marcações obrigatórias, como: nome, marca ou logotipo do fabricante, importador ou montador; tensão a que se destinam em volt (V) e potência máxima expressa em watt (W).

Estabelecimentos em que forem encontradas irregularidades terão até dez dias para apresentar defesa junto ao Instituto e estarão sujeitos às penalidades previstas na lei, com multas que variam de R$ 100 a R$ 1,5 milhão. Consumidores podem apresentar denúncias por meio da Ouvidoria do Inmetro: 0800-285-1818.


Led e a revolução da iluminação: design e funcionalidade

O LED já é uma tendência em iluminação. Mas graças a seus recursos tecnológicos ele tem dado maior versatilidade à aplicação da luz. Um dos destaques dos lançamentos em iluminação da Feicon 2016 é o LED com filamentos, cujo estilo retrô mais que iluminar, reforça o papel de estética da luz. Para falar deste tema, entrevistamos a Coordenadora de Marketing da Lâmpadas Golden, Renata Pilão.

Entrevistador: Até bem pouco tempo, o papel da lâmpada era apenas iluminar. Mas recentemente ela vem ganhando papel de destaque na decoração.

Renata Pilão:Acredito que vivemos uma verdadeira revolução da iluminação.  Assim como em outras tecnologias, assistimos na iluminação o advento do papel da eletrônica, que potencializou e deu outras características às formas de uso da luz. Com o LED, passado e futuro coexistem do ponto de vista estético, mas tecnologicamente os avanços não param.

Entrevistador: O que o LED traz de novo do ponto de vista estético?

Renata Pilão: O LED, por suas próprias características técnicas, dá versatilidade à luz. Um exemplo atual é a tendência retrô na decoração que, de certa forma, tem ressuscitado um estilo de iluminação onde o destaque é a lâmpada rosqueada no soquete. Neste caso, a lâmpada com roupagem antiga e tecnologia moderna (LED) torna-se, ela própria, objeto de decoração, que em composição com fios pendurados ou luminárias com toque industrial e vintage dão glamour ao espaço. Com o LED nasce um novo conceito em iluminação, que une a fonte de luz com o design. Esta sobrevivência adaptada do antigo remete a um estilo de decorar, mas sem abrir mão da modernidade da tecnologia, que é sinônimo de economia de energia e sustentabilidade.

Entrevistador: Muitos especialistas falam da inteligência que o LED traz à iluminação. Poderia explicar?

Renata Pilão: A luz passou a ser eletrônica, e como todo componente do gênero, os recursos são infinitos e avançam cotidianamente. O LED traz consigo um novo conceito de iluminação, descaracterizando a lâmpada como única fonte de luz, e trazendo o sistema que agrega em um único objeto lâmpada, luminária e a fonte de energia como personagem de destaque. Neste âmbito, a iluminação ganha inteligência. Para iluminar não é mais necessário gases, mas chip. Para acender a luz acesa não é preciso mais usar o interruptor, pois um sistema de comunicação automatizado pode fazê-lo e ser acionado pelo celular.  Esta flexibilização da iluminação, onde o produto pode ser escolhido tanto pelo design como pela funcionalidade, é uma tendência que vem se acentuando com o advento do LED.

Entrevistador: Tanto se fala da eficiência do LED. Acredita que ele seja mesmo o futuro da iluminação?

Renata Pilão:O consumo de luminárias LED é uma tendência que deve crescer, seja pela potencialização da eficiência seja pelo desejo do consumidor de renovar sua decoração. Neste sentido ela já é o presente da iluminação. A retirada do mercado de produtos de baixa eficiência e a redução dos preços do LED só vem reforçar. Porém, estamos longe de esgotar todos os recursos desta tecnologia. Mas é fato que cada vez mais os sistemas completos ganharão espaço.  Esperamos que o Brasil, num futuro não muito distante, adote uma política pública de incentivo ao consumo de produtos eficientes energeticamente, de forma que possamos  andar mais rapidamente rumo ao uso racional de nossos recursos naturais.

Saiba mais sobre a Lâmpadas Golden no site www.lampadasgolden.com.br e conheça as novidades e tendências do mercado de iluminação no blog www.golden.blog.br


Ourolux lança produtos inovadores na Feicon 2016

A Ourolux, empresa líder no segmento de lâmpadas LED no Brasil, será uma das expositoras de maior destaque na Feicon 2016.

A empresa é um dos raros casos de sucesso em meio à atual crise econômica brasileira. Com a alta demanda por seus produtos, principalmente por lâmpadas LED, a Ourolux aumentou em 15% seu faturamento em 2015 e tem uma expectativa de crescimento de 10% em 2016.

Nesse cenário, a Ourolux apresentará os seguintes produtos durante a Feicon:

Lâmpada Halógena Bulbo 120W

A Lâmpada Halógena Bulbo de 120W tem luminosidade equivalente a uma incandescente de 150W. Disponível nas tensões 127 e 220V, a Halógena Bulbo de 120W completa a linha que já conta com as lâmpadas de 42W e 70W.

O produto é indicado para quem não abre mão do modelo bulbo tradicional para iluminação de ambientes residenciais e comerciais. A Ourolux Halógena Bulbo de 120W tem base E-27, temperatura de cor de 2800K e 2500 lúmens.   É dimerizável e tem um ano de garantia.

Luminária Tubular LED

A Luminária Tubular LED Ourolux é bivolt e estará disponível nas versões de potência de 18W (duas lâmpadas LED de 9W) e 36W (duas lâmpadas LED de 18w). Com respectivamente 1600 lúmens e 3200 lúmens, o produto proporciona economia de 60% de energia em relação a luminárias com lâmpadas fluorescentes.

Com opções de acabamento fosco ou aletado, as luminárias vêm prontas para instalar e são indicadas para ambientes residenciais e comerciais.

A Tubular LED é bivolt, com base G13 para as lâmpadas e temperatura de cor de 6400K. Tem alto fator de potência, IRC 75 e um ano de garantia.

Plafons de Embutir e Plafons de Sobrepor

Com design moderno, os Plafons de Embutir e de Sobrepor da Ourolux já vêm com lâmpadas LED, nas versões de 9W (que equivale a incandescente de 60W), 15W (que equivale a incandescente de 100W) e 21W (que equivale a incandescente de 150W). As quantidades de lúmens são, respectivamente de 820, 1120 e 1600.

Os Plafons têm tensão bivolt, temperatura de cor de 6400k e sua aplicação depende do modelo: os de embutir são indicados para ambientes residenciais e comerciais e os de sobrepor são indicados para ambientes residenciais (salas e quartos).

Todos os modelos têm 2 anos de garantia, estão disponíveis nos formatos redondo e quadrado e vêm prontos para instalar.

Os plafons de embutir têm somente 26 mm de espessura.

SUPERLED Globo

Indicada para aplicação em luminárias e pendentes, com base E-27, a SUPERLED GLOBO é bivolt, tem potência de 12W e temperatura de cor de 6400k (Branca fria) e 2700k (Branca morna).

A SUPERLED GLOBO tem 1200 lúmens e eficiência luminosa de 100 lm/W. Outras características do produto são o alto fluxo luminoso, o alto fator de potencia, IRC 80 e facho de 220 graus, equivalente a uma lâmpada globo incandescente de 60W.

SUPERLED Alta Potência

Ambientes residenciais e comerciais com pé-direito alto precisam de lâmpadas com maior eficiência luminosa. De olho nesse segmento, a OUROLUX acaba de lançar mais uma linha com a tecnologia LED: a SUPERLED ALTA POTÊNCIA.

As lâmpadas SUPERLED ALTA POTÊNCIA são bivolt, com base E-27, potências de 16W (1800 lúmens), 25W (2500 lúmens) e 30W (3300 lúmens) e temperatura de cor de 6400K.

Outros fatores que tornam essa lâmpada ideal para ambientes com teto alto são o alto fluxo luminoso, o alto fator de potência e o IRC 80.

A lâmpada de 16W equivale a uma fluorescente compacta de 45W; a de 25W, a uma fluorescente compacta de 59W e a de 30W a uma fluorescente compacta de 85W.

A linha está disponível nas embalagens em blister duplo, com dispositivo antifurto.

SUPERLED Tube Glass

SUPERLED Tube Glass proporciona 50% de economia de energia em relação à fluorescente e é indicada para iluminação de ambientes residenciais e até mesmo de grandes áreas.

Disponíveis nas potências de 9W (800 lúmens) e 18W (1600 lúmens), as lâmpadas SUPERLED Tube Glass são indicadas para novas instalações e para substituição das lâmpadas fluorescentes convencionais.

Bivolt, com temperatura de cor de 6400K, a SUPERLED Tube Glass, pode ser utilizada em supermercados, estacionamentos, escolas, escritórios, lojas de conveniência e em outras grandes áreas.


Tecnologia desenvolvida pela Brilia ajusta intensidade de cor e temperatura da luz

Uma das mais importantes missões da Brilia é trazer inovações de mercado que unam tecnologia, design e qualidade, para garantir ao consumidor uma experiência completa com o LED. Desse conceito nasceu a tecnologia True Dim, da Linha Expert, criada para destacar ao máximo todos os benefícios do LED, proporcionando iluminação de destaque, ideal para substituir lâmpadas halógenas em luminárias de embutir.

O Módulo MR16 True Dim é capaz de ajustar a intensidade de cor, trazendo conforto para o ambiente, com grande versatilidade na adaptação das necessidades para cada momento do dia. O produto possibilita ainda a dimerização – com redução também de temperatura – partindo de 1800K e chegando a 2700K. Uma de suas principais características é a de reproduzir exatamente o que ocorre quando tecnologias incandescentes e halógenas são dimerizadas.

É importante ressaltar que, ao dimerizar o produto, são reduzidas a intensidade e também a temperatura de cor, como ocorre quando se dimeriza lâmpadas de tecnologia incandescente e halógena. Isso deixa o ambiente com sensação mais quente e aconchegante, pois a temperatura de cor pode chegar a até 1.800K quando o módulo é totalmente dimerizado.


Cinco vantagens de usar a tecnologia LED na iluminação

Desde julho de 2015, as tradicionais incandescentes de 60W não podem mais ser fabricadas ou importadas, uma medida que foi tomada para estimular os consumidores brasileiros a trocarem as peças antigas por modelos mais econômicos. Em São Paulo, capital, a iluminação do Parque Ibirapuera e de alguns tuneis já é feita por LED. Por meio do programa “LED nos Bairros”, a comunidade de Heliópolis foi o primeiro bairro a se beneficiar com a solução em seus postes de luz pública. Foram instaladas cerca de 1.300 luminárias em 224 vias, percorrendo 24 km de extensão de ruas.

A modernização das lâmpadas surgiu na década de 90, graças a três cientistas japoneses, ganhadores do prêmio Nobel de Física em 2014. Os pesquisadores inventaram o emissor de luz azul de diodo, que, combinado aos LEDs vermelhos e verdes, possibilitava a criação de peças de luminosidade branca, mais eficazes e resistentes. Pensando nisso, a  OPlus LED Brasil listou cinco vantagens de usar a iluminação LED. Confira:

Economia: 12 vezes mais eficiente, o LED ilumina mais e consome menos, o que gera redução na conta de luz de até 90%. Com 6 a 8W de potência, produz a mesma luminosidade de uma lâmpada comum de 100W.

Longevidade: tendo maior durabilidade em relação às lâmpadas incandescentes, o Light Emitter Diode possui aproximadamente 35 mil horas de vida útil, e os seus dispositivos podem sobreviver até 100 mil horas (mais de 8 anos de uso).

Ecologicamente correto: os produtos são fabricados em linhas verdes, que utilizam fontes de seção de baixo carbono, não contêm materiais pesados, não emitem raios UV e são recicláveis, pois suas estruturas são 95% retornáveis, o que facilita o descarte.

Livre de manutenção: por ter vida útil mais longa, as lâmpadas LED evitam interrupções do serviço, prejuízos e substituições constantes, oferecendo economia na manutenção. Indicadas para aplicações que demandam alto custo e difícil manutenção, como pontes, estruturas de grande altura ou a iluminação de segurança.

Cores vivas e saturadas: as lâmpadas LED coloridas dispensam a utilização de filtros, que causam perda de intensidade e também provocam alteração na cor, principalmente nas luminárias externas, em função da ação da radiação UV do sol. Outra vantagem dos itens é a emissão de um comprimento de onda monocromático, com a transmissão de luz na cor certa, tornando a iluminação mais viva e saturada.


Melfex adquire tecnologia e produtos da Lumens para ampliar portfólio

A Melfex, empresa que fabrica materiais elétricos de baixa tensão para instalações comerciais e industriais, além de produtos para áreas classificadas Ex e também para uso industrial contra ação do tempo TGVP, anunciou recentemente a aquisição da Lumens. O objetivo da negociação foi o de ampliar o portfólio da Melfex por meio dos produtos, certificações e da tecnologia que a Lumens dispunha.

Desde o ano passado, ambas as empresas discutem a respeito da operação e, então, no segundo semestre, a negociação foi finalizada. “Em agosto de 2015, todos os produtos passaram a ser fabricados pela Melfex. Desde então, operamos somente com essa marca no mercado. No início deste ano, já estávamos operando com 100% dos produtos devidamente transferidos”, explica Jeferson Spagiari, responsável pela área de marketing da Melfex.

Com a aquisição do portfolio e da tecnologia da Lumens, a Melfex incorporou novos produtos ao seu catálogo. Outro ponto foi que a empresa passou a atuar no mercado de iluminação, área em que a não operava até a aquisição. A Melfex precisou realizar algumas mudanças estruturais, visto que, além de novas soluções, a companhia incorporou determinados colaboradores da Lumens, a fim de dar continuidade na carteira ativa de clientes.

Atualmente, a Melfex oferece mais variedade aos seus consumidores. Segundo Spagiari, hoje, a empresa opera com mais de 60 colaboradores, além de ter dobrado o departamento comercial. “Houve a necessidade de criar algumas áreas especificas e de contratarmos novos funcionários”, comenta.

Mais informações: www.melfex.com.br


« Previous Entries Next Entries »

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes