Sede do Rio 2016™ adota soluções GE

Crédito: Alex Ferrero

A GE, patrocinadora oficial do Comitê Olímpico Internacional (COI), é fornecedora de uma gama de soluções energeticamente eficientes e de baixo impacto ambiental para a nova sede do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016™, recém-inaugurada na Cidade Nova, no Rio de Janeiro. Tecnologias de ponta para iluminação, segurança energética e distribuição elétrica ajudam a tornar o projeto, que comportará dois mil funcionários até 2016, uma referência na busca por soluções mais sustentáveis por meio do esporte. Por se tratar de uma construção modular, todos os equipamentos permanecerão disponíveis para uso futuro.

“A GE é um patrocinador que está empenhado em ajudar o Rio de Janeiro a sediar os mais sustentáveis Jogos Olímpicos da história. Nós colocamos nossa experiência à disposição do Rio 2016™ e do COI para criar e viabilizar soluções tecnológicas inovadoras que sejam modernas e, ao mesmo tempo, gerem benefícios tangíveis aos clientes e à sociedade como um todo, além de ampliar o legado para a cidade”, afirma Daniel Meniuk, diretor executivo para Cidades e Infraestrutura da GE no Brasil.

A GE forneceu aproximadamente três mil unidades da luminária LED Lumination™, em sua versão troffer, para iluminar a sede do Rio 2016™, o primeiro prédio comercial no Brasil a adotar esse produto. A utilização da luminária LED Lumination™, recém-lançada no mercado brasileiro, vai permitir uma economia de cerca de R$ 1 milhão na conta de energia durante os quatro anos de operação do edifício, em relação a opções com tecnologia fluorescente. Além disso, nesse período, os custos de manutenção serão praticamente nulos, já que a solução tem vida útil de 11 anos, aproximadamente 120% superior às lâmpadas fluorescentes convencionais, que duram até cinco anos.

O Rio 2016™, com o apoio da GE, optou pela tecnologia LED por ser mais sustentável e gerar baixa emissão de carbono. O design inovador das luminárias da família Lumination™ permite maior uniformidade da luz e a sensação de maior amplitude do ambiente com menos pontos de iluminação. A solução também permite controlar a intensidade da luz durante o dia. Tudo isso contribui para a maior produtividade e a sensação de bem-estar dos funcionários e visitantes.

Abastecimento e distribuição

A GE também forneceu e instalou 25 unidades de sistemas UPS (Uninterruptible Power Supply), conhecidos como No Breaks, adequados para uma instalação comercial de grande porte e que requer alta confiabilidade no suprimento de energia elétrica. O sistema, desenvolvido pela GE Digital Energy, garante o abastecimento de energia por 10 minutos em caso de falhas, enquanto ocorre o acionamento dos geradores, impedindo a interrupção dos trabalhos na sede do Rio 2016™. A edificação também recebeu componentes para a distribuição elétrica interna, incluindo disjuntores, relés, plugs e outros equipamentos do portfólio da GE Industrial Solutions.

Tanto as luminárias LED da família Lumination™ como os UPS’s fazem parte da plataforma de negócios Ecomagination, desenvolvida pela GE para oferecer soluções para os desafios de eficiência no uso de energia e água, ao mesmo tempo em que gera valor para clientes, investidores e a sociedade.


Casa Daros Latinoamérica

Localizada em imponente edifício histórico em Botafogo, a recém inaugurada Casa Daros abriga uma das mais importantes coleções de arte contemporânea latinoamericana. O processo de restauro e adaptação do edifício foi longo, mas o resultado impressiona pelo cuidado no desenho e em sua execução. Para conversar sobre esta empreitada, o Studio-X recebe os arquitetos Ernani Freire e Isabel Ballesté, responsáveis pela arquitetura; Regina Pontin de Mattos, especialista em restauração; e o engenheiro civil Geraldo Filizola, que cuidou das questões estruturais.

Sobre os participantes
Ernani Freire
Arquiteto, graduado pela FAU/UFRJ em 1971
Titular do Escritório Ernani Freire Arquitetos Associados Ltda.
Tem elaborado e desenvolvido estudos e projetos para fins diversos e atuado intensamente na área de conservação e requalificação de edifícios e conjuntos de valor histórico e arquitetônico,
com diversos trabalhos premiados.
Exerce atividade acadêmica como professor de projeto no Curso de Arquitetura e Urbanismo da PUC/Rio, cadeira de Revitalização e Reutilização.
Isabel Ballesté
Arquiteta e urbanista, graduada pela FAU/UFRJ em 1984
Especialização em Arquitetura de Equipamentos Culturais na École d’Architecture Paris-Villemin, em Paris, em 1988.
Trabalhou em Paris em colaboração com o arquiteto Didier Drummond entre 1989 e 1992 desenvolvendo diversos projetos, dentre eles o Quartier-Piétonnier Montorgueil-Saint-Dénis.
Sócia do Escritório Ernani Freire Arquitetos Associados Ltda. desde 2008, atua na elaboração, desenvolvimento e coordenação dos diversos projetos do Escritório, sobretudo na área cultural.
Geraldo Filizola
Engenheiro Civil, com especialidade em estruturas, formado em 1972 pela PUC/Rio.
Sócio diretor da Cerne Engenharia e Projetos, vem desenvolvendo projetos na área de estruturas históricas desde 1985. Dentre os trabalhos participou da reforma do Theatro Municipal e do Museu de Arte do Rio (MAR).
Monica Lobo
Arquiteta formada pela Universidade Santa Ursula, começou a trabalhar no universo da iluminação no escritório de consultoria Esther Stiller & Gilberto Franco em 1988. Em1997 fundou a LD Studio onde passou a desenvolver projetos de iluminação de arquitetura, atuando de forma expressiva em edifícios históricos. Atualmente desenvolve projetos como Museu do Amanhã (Santiago Calatrava), Museu da Imagem e do Som  Diller & Scofideo + Renfro), Biblioteca Nacional entre outros.
Regina Pontin de Mattos
Arquiteta restauradora graduada pela PUC/Campinas e doutorada pela Universidade de
Roma La Sapienza. Foi diretora-geral do INEPAC, onde permanece como assessora e membro do Conselho Estadual de Tombamento. Trabalhou no CONDEPHAT em São Paulo e no Rio

Philips lança curso e certificação sobre LED em português

São Paulo, Brasil – A Philips do Brasil, empresa líder global em saúde e bem-estar, anuncia o lançamento de um curso online gratuito de certificação profissional sobre LED, em português, com objetivo de mostrar os benefícios e vantagens desta tecnologia e possibilidades de uso.

Após realizar o curso pela internet, o participante tem o tempo limite de dez minutos para realizar um teste. Se atingir a nota mínima de 80%, ele receberá o certificado digital, que possui validade de um ano e será enviado pelo Lighting University Global, no prazo de dez dias úteis. A certificação garantirá que o profissional tem conhecimentos sobre o que são LEDs, onde são usados, as vantagens da utilização e o valor agregado dos LEDs Philips.

O curso em português está disponível para certificação de qualquer pessoa no site da Philips, e pode ser acessado pelo link abaixo:

http://www.lighting.philips.com/main/connect/Lighting_University/LED-passport.wpd


Eaton Tech Day apresenta soluções em eletricidade e iluminação

A Eaton promoveu em São Paulo o Eaton Tech Day, evento que contou com palestras de especialistas em eletricidade e iluminação e apresentou produtos e soluções da empresa. A palestra “Energia Incidente e Riscos do Arco Elétrico: Avaliação do Problema e Soluções para Redução dos Níveis de Energia Incidente em Painéis Elétricos” foi ministrada por Luciano Lima Dias, engenheiro da divisão de estudos elétricos da Eaton.

Luciano falou da importância dos estudos de sistema de potência para promover melhorias nos procedimentos de energia elétrica. “Para minimizar riscos é preciso boa práticas de segurança. Isto é possível através de treinamento e manutenção”, afirmou.

Na palestra “Aumentando a Segurança na Escolha do seu dispositivo de proteção”, foi apresentada por Eduardo Sakanoue, engenheiro de produtos da Cooper Bussmann. Ele falou sobre a aplicação e funcionamento de fusíveis.

A apresentação “Conceitos e Aplicações de Iluminação LED e sua contribuição para a Certificação LEED” foi realizada por Fabio Avellar, gerente de vendas da Eaton Cooper Lighting. Ele apresentou o case da sede do USGBC – United States Green Building Council, responsável pela certificação LEED. A sede da instituição foi toda iluminada com lâmpadas da Eaton Cooper Lighting.

A palestra “Iluminação LED nas instalações industriais” teve a apresentação de Augusto Trilha, gerente de marketing e distribuição da Cooper Crouse-Hinds, e Gunnar Barcelo Reis, engenheiro da mesma empresa.

Na palestra foram abordadas as vantagens da aplicação de LED em ambientes industriais e foram apresentados estudos de caso da Braskem e da Petrobrás, empresas que utilizaram equipamentos da Crouse-Hinds em suas instalações.

O evento contou com um showroom das soluções da Eaton em eletricidade e iluminação. Entre os produtos apresentados estavam a linha de no-breaks da Eaton e a VTS Ventus LED, luminária pública da Cooper Lighting.

Jornal da Instalação


Farmácia duplica pontos de luz e reduz consumo em 58%

Gastar menos energia e ainda ter mais fluxo luminoso. Este foi o resultado obtido pela farmácia Livia Yasuda, localizada no bairro de Santana (SP), com o retrofit de iluminação. Bastou retirar as 16 lâmpadas tubulares HO de 110W de potência e no lugar delas colocar 38 lâmpadas tubulares Extreme LED da Golden de 21W. Este simples gesto, que duplicou a quantidade de lâmpadas e aumentou o nível de iluminância da loja, ainda terá o benefício adicional de reduzir o consumo de energia em 58%.  Isto porque enquanto na tecnologia anterior o consumo de energia ficava em torno de 1.936W, com o LED o consumo cai para 798W.

O projeto, conduzido pela área técnica da Lâmpadas Golden, preservou a estrutura anterior com um novo rearranjo dos pontos. Perímetro da loja, área de circulação de clientes e exposição receberam o mesmo fluxo luminoso, distribuído de forma abrangente e uniforme para permitir uma boa visualização em todos os espaços, sem criar contrastes e facilitando a leitura pelo usuário. Como funcionam diretamente na rede, as tubulares Extreme LED da Golden dispensam o uso de reatores e chegam a durar até 40 mil horas. Isto significa redução nos custos com manutenção.

Uma preocupação importante foi levar em conta os requisitos da norma de iluminância de interiores, em função do que foi aplicada uma média de 600lux.

Em 22 meses o investimento estará pago e a economia propiciada poderá ser aplicada em outras áreas do negócio.

Antes Após o retrofit
Tecnologia HO de 110W tubulares Extreme LED da Golden de 21W
quantidade 16 38
Consumo de energia 1.936W 798W

Fonte: Golden Lâmpadas


Volume de negócios da FIEE 2013 deve atingir R$ 4 bilhões

Segundo expositores, esse total de recursos será alcançado com negócios iniciados na feira e concretizados nos próximos meses

A 27ª edição da FIEE 2013 (Feira Internacional da Indústria Elétrica, Eletrônica, Energia e Automação) deve registrar um volume de negócios de mais de R$ 4 bilhões. Esse total de recursos será alcançado com negócios iniciados na Feira e concretizados nos próximos 6 meses.

Numa edição que contou com 60 mil metros quadrados de exposição, a FIEE 2013, reuniu mais de 1.200 marcas, entre as maiores empresas do setor eletroeletrônico. O evento recebeu cerca de 55 mil visitantes, entre executivos, técnicos e especialistas, representantes de empresas do Brasil e do exterior.

A feira registrou empresas expositoras de 18 países: Alemanha, Argentina, Suíça, Bélgica, Chile, China, França, Índia, Itália, Portugal, Coréia do Sul, Rússia, Espanha, Taiwan, Turquia, Hong Kong, Estados Unidos e Reino Unido, além do Brasil.

De acordo com levantamento feito pela ABINEE durante a FIEE, 85% dos expositores aprovaram a qualidade do público visitante (entre ótimo e bom). Em relação à quantidade de visitantes, 70% dos expositores aprovaram o volume de circulação no pavilhão (entre ótimo e bom). Na avaliação geral da Feira, 80% dos expositores aprovaram o evento (entre ótimo e bom).

Fonte: Jornal da Instalação


« Previous Entries Next Entries »

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes