Lâmpadas de grafeno chegam ao mercado este ano

Se pensavam que os LEDs e OLEDs tinham o seu futuro assegurado no campo da iluminação, eis que surge um novo concorrente que promete superar a sua eficiência: lâmpadas de grafeno.

grafeno é um dos “produtos milagrosos” e com o qual se esperava revolucionar diversas áreas, e agora ficamos a descobrir que a iluminação será uma delas. Investigadores da Universidade de Manchester criaram uma lâmpada de grafeno que dizem ser capaz de superar a eficiências dos LEDs, produzindo mais luz, tendo maior longevidades, e consumindo cerca de 10% menos energia. Um conjunto de vantagens que os consumidores poderão começar a sentir em breve, com a promessa de que estas lâmpadas chegarão ao mercado antes do final do ano – tornando-as no primeiro produto comercial de consumo a usar este material.

Este anúncio não deixa de ser surpreendente considerando que o o grafeno é um material de produção ainda complicada, e pelo facto de nos dizerem que estas lâmpadas chegarão às lojas a preços altamente competitivos (inferiores a €20). Algo que é explicado pelo facto de cada lâmpada usar apenas uma quantidade muito diminuta deste material.

Fico com curiosidade em saber como é que esta lâmpada se comportará face a cenários em que esteja sujeita a ciclos de ligar/desligar frequentes (embora o facto de ser referido que se trata de um “LED” revestido a grafeno nos faça pensar que terá todas as vantagens dos LEDs, mas melhoradas) e o nível de calor produzido – mas para já ficamos a saber que a lâmpada será “dimmable”, o que também não deixará de ser atractivo. Vamos lá aguardar por estas lâmpadas, e esperar que não haja atrasos.


Abilux lança 3ª edição do Guia LED

A Abilux (Associação Brasileira da indústria de Iluminação) está lançando a terceira edição do seu Guia LED, ferramenta criada pela Entidade para auxiliar e orientar as empresas do setor de iluminação quanto aos NCMs (Nomenclatura Comum do Mercosul)* que identificam a natureza das mercadorias com tecnologia LED que comercializam ou importam.

A publicação, que pode ser acessada on-line no site www.abilux.com.br, é resultado de análises realizadas por um Grupo de Trabalho que compilou em um único guia as respostas fornecidas pela Secretaria da Receita Federal às empresas que realizaram consultas sobre como classificar adequadamente produtos de LED e seus compostos.

Ao atualizar com frequência o seu Guia LED ( a primeira edição foi publicada em 2012) a Abilux tem como objetivo ser uma facilitadora para os usuários das informações que também estão disponíveis no Diário Oficial da União (DOU) e no site da Receita Federal.

Mais informações, através do e-mail: abilux@abilux.com.br ou do Tel.: 55 11 3251.2744.

*A Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM) é um código de oito dígitos que identifica a natureza dos produtos. Qualquer mercadoria importada ou comprada no Brasil deve ter um código NCM que a classifica para efeitos fiscais.


GE e Casa dos Ventos firmam parceria para ampliar produção de energia eólica

Em resposta à expansão da energia eólica no País e pela importância da fonte de geração para a diversificação da matriz elétrica nacional, a GE anuncia a construção de dois centros de serviços focados na operação e manutenção de aerogeradores, com geração de cerca de 100 novos postos de trabalho. Os centros de apoio contarão com técnicos e engenheiros da GE dentro de complexos eólicos operados pela Casa dos Ventos e outros clientes na Chapada do Araripe (PI e PE) e em Garanhuns (PE), o que permitirá às empresas estreitar seu relacionamento e tornar o atendimento as demandas programadas e não programadas mais ágeis.

Atualmente, a GE e Casa dos Ventos possuem três empreendimentos eólicos em construção. Um deles é o complexo Tianguá (CE), que conta com 77 aerogeradores GE 1.6-100, com previsão de entrega para o segundo semestre de 2015. Já as outras duas unidades estão em andamento na região de Garanhuns (PE), que receberá 233 aerogeradores GE 1.7-100, sendo 107 para o complexo Santa Brígida, em fase de montagem, e o restante (126), para o Complexo São Clemente. Ao todo, cerca de 530MW de energia serão gerados pelos três projetos, quantidade suficiente para abastecer, aproximadamente, a demanda de 500 mil residências.

“Com a energia eólica ocupando uma posição cada vez mais relevante na matriz energética e com a expansão da Casa dos Ventos no setor, contar com o apoio contínuo da GE é encorajador. Essa parceria reforça o nosso comprometimento em contribuir para uma matriz mais renovável”, comenta Virna Araripe, diretora da Casa dos Ventos. Atualmente, a empresa possui projetos no Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba, Bahia e Piauí, somando aproximadamente 4.8 GW em potência acumulada em implantação ou operação.

Para a GE, a abertura dos novos centros de apoio aumentará a agilidade e flexibilidade do serviço prestado pela companhia ao cliente. “A extensão do nosso braço de serviços em colaboração com a Casa dos Ventos reforça a confiança de ambas as empresas na expansão da energia eólica no Brasil de modo contínuo e sustentado”, diz Jean-Claude Robert, gerente geral da divisão de energias renováveis da GE para a América Latina. “A Casa dos Ventos é reconhecida pela qualidade no desenvolvimento de seus projetos e nosso trabalho conjunto visa manter o mesmo nível de qualidade, tornando-a, inclusive, nosso principal cliente em energia eólica no mercado latino-americano”, revela.

Com recentes investimentos em unidades de apoio, hoje a GE já conta com dois centros de serviços próprios em operação, sendo o primeiro na Bahia e o segundo no Rio Grande do Norte. Atualmente, mais de 900 turbinas GE estão em operação ou instalação no País. “Pelo êxito de nossas operações, estamos prontos para apoiar a Casa dos Ventos em qualquer projeto da empresa, em todos os estados onde atua. A Casa dos Ventos possui excelência no diagnóstico dos ventos e os equipamentos da GE possuem a eficiência desejada para produção de energia eólica”, antecipa o líder da GE.


Espanha investe em tecnologia LED para iluminação pública

A prefeitura de Madri estuda um projeto de renovação, em que 225 mil pontos serão modernizados

A mais nova iniciativa espanhola direcionada ao uso de luzes de LED na rede de iluminação pública pode fazer a cidade de Madrid economizar 115 milhões de euros em apenas oito anos. A prefeitura da cidade está desenvolvendo um projeto de renovação de iluminação pública, onde a estimativa é que 225 mil pontos de luz antigos sejam substituídos por outros de última geração.

Serão trocados os equipamentos responsáveis pela iluminação das ruas e dos semáforos, passando pelas fontes ornamentais, túneis e galerias de serviço. Já foram substituídas cerca de 150 mil luminárias, o equivalente a 65% do total. Todo o processo deve ser concluído ainda no primeiro semestre deste ano.

Ao todo, serão investidos pelas empresas contratadas cerca de 144 milhões de euros. O custo desta renovação será recuperado pelas empresas durante os oito anos de contrato mediante a economia de consumo de energia. A estimativa da prefeitura é de que esta redução será de 36% em comparação com o consumo atual. Esta economia equivale ao consumo energético de uma cidade de 226 mil moradores.

Clipping/Energio Nordeste


Laboratório da Avant garante qualidade de suas lâmpadas

Um dos mais completos do Brasil, laboratório luminotécnico realiza testes e análises em todos os produtos da empresa

A preocupação da Avant em oferecer lâmpadas e luminárias de alta qualidade é refletida no cuidado com a produção e com tudo o que vai para o mercado: produtos cujas especificações técnicas atendam plenamente as normas em vigor. Um exemplo desse cuidado é o seu Laboratório Luminotécnico – onde são realizados os testes e análises de lâmpadas, um dos mais completos do Brasil, e que está localizado em sua sede, em São Paulo.

“O controle da qualidade das lâmpadas e demais produtos tem rigor científico e considera requisitos do Inmetro, Procel e ABNT. Dessa forma, são realizados ensaios preliminares que permitirão obter resultados dos produtos, antes mesmo destes serem submetidos aos ensaios de certificação pelos organismos credenciados”, explica o CEO da empresa, Gilberto Grosso.

Para garantir a precisão necessária a cada um dos diversos componentes de cada produto, a Avant possui em seu Laboratório Luminotécnico equipamentos de última geração, caso das três esferas autônomas integradoras para análise e testes de lâmpadas profissionais de descarga, de compactas fluorescentes e de LED.

Dois ambientes distintos de giga teste garantem a análise de centenas de lâmpadas tradicionais e de descarga, ao lado de equipamentos como medidor de componente LED, fonte estabilizadora de 2.000W de potência, torquímetro e medidor de espectro de intensidade luminosa.

Administrado por profissionais especializados em luminotécnica e engenheiros eletrônicos, o laboratório da Avant conta, ainda, com um centro avançado de estudos das novas tecnologias – como a iluminação de LED, plasma, elétrons e pontos quânticos -, e oferece um ambiente propício para a atualização e reciclagem do conhecimento.


Trecho urbano da BR-153, em Marília (SP), recebe iluminação da GE Lighting

078_rdionisioframe_016724012015 smn

O trecho urbano da BR-153, em Marília (SP), já está utilizando, desde setembro de 2014, uma iluminação energeticamente eficiente. No total são 246 luminárias de LED que garantem economia em energia se comparadas à iluminação convencional. A Transbrasiliana Concessionária de Rodovia S/A é a empresa responsável por realizar o projeto de execução de melhorias. Já a nova iluminação, implantada pela GE Lighting, foi projetada pela Haz Engenharia e executada pela Elétrica Colombo para proporcionar maior visibilidade e segurança na rodovia para os motoristas, pois a tecnologia LED melhora em três vezes a visualização de cores.

Além disso, as luminárias LED possuem uma vida útil aproximadamente cinco vezes maior que as luminárias com lâmpadas de vapor de sódio, com um custo de manutenção reduzido. E mais uma vantagem é o fato do descarte não ser prejudicial ao meio ambiente, uma vez que não possui substâncias tóxicas como as lâmpadas tradicionais, as quais contêm alto poder de poluição.

A escolha por LEDs da GE ainda propiciou uma economia significativa de recursos por otimizar a distribuição dos postes, com uma maior distância entre eles, mantendo os níveis de iluminação adequados ao longo do tempo. O índice de reprodução de cor do LED faz com que durante a noite seja possível enxergar objetos com suas características reais. “As lâmpadas em LED melhoraram a iluminação ao longo da rodovia, pois algumas das soluções utilizadas possuem várias possibilidades de distribuição da luminosidade. E desenvolvemos um projeto específico para atender a necessidade local”, afirma Marcel Potolski, gerente de Projetos de Iluminação Profissional Brasil.

“Acreditamos que o trecho contemplado no projeto da Transbrasiliana será altamente beneficiado com a nova iluminação. O motorista que trafega pela região terá maior visibilidade durante o período noturno. Isso contribui de forma significativa para aumentar a segurança viária, e como consequência, a diminuição nos riscos de acidentes”, afirma Ivete Roumieh, da Haz Engenharia.

O sistema de iluminação também foi instalado em dois postos da Polícia Rodoviária Federal, o que trouxe aos policiais uma visibilidade maior dos carros que transitam na rodovia. A solução ainda beneficia os motoristas, que podem facilmente localizar o posto em caso de alguma emergência.

“A duplicação do trecho urbano da ‘BR’ em Marília era uma reivindicação antiga dos usuários da rodovia e moradores de áreas próximas.  Assim, estão sendo realizadas melhorias diversas na área de engenharia com a implantação de rotatórias, galerias pluvias, novas pistas e lombofaixas para pedestres. Além destas, outras de grande importância também estão previstas, entre quais a iluminação completa do trecho. Com a implantação deste moderno sistema de iluminação, estaremos proporcionando tranquilidade aos motoristas, comunidade lindeira e comerciantes que atuam na região. É, sem dúvida, uma grande conquista que beneficia a todos”, completa Gianpaulo Novelli, superintendente de engenharia da Transbrasiliana.


« Previous Entries Next Entries »

Powered by Wordpress | Designed by Elegant Themes